Você tem medo de falar em público? Acredite, esse não é um problema incomum: uma em cada cinco pessoas no mundo também sofre com esse mesmo problema. Felizmente, a Samsung está trabalhando em uma maneira de ajudar essas pessoas a lidarem com essas situações – tudo com uma ajudinha do Gear VR.

A solução encontrada pela empresa é das mais simples. Uma vez que pesquisas comprovam que o medo de falar em público pode ser superado com a prática constante, a empresa usou seu dispositivo de realidade virtual para simular cenários em que os pacientes devem interagir com outras pessoas. Com o objetivo de tornar tudo ainda mais real, foram usadas até mesmo vozes reais para as outras pessoas presentes nos ambientes.

Para facilitar o processo, é claro, as simulações começavam com grupos pequenos, avançando gradualmente com a evolução do candidato. Cada situação possuía diferentes níveis de dificuldade e, ao fim do teste, o paciente recebia uma nota por seu desempenho. A ideia, com isso, era incentivá-los a repetir os testes e melhorar sua aptidão ao máximo.

Foram utilizados três cenários diferentes: primeiro, um ambiente escolar que incluía grupos de estudo, discussões em sala de aula e apresentações; depois, um ambiente de trabalho, com uma entrevista de emprego, reuniões e até mesmo uma conferência. Por fim, o paciente era colocado em diversas situações mais incomuns, como fazer um brinde em um casamento ou um discurso de uma premiação.

O programa, vale notar, é parte do projeto #BeFearless, lançado pela Samsung em 2013 com o objetivo de permitir às pessoas alcançar seus sonhos com a ajuda da tecnologia. Os candidatos, por sua vez, deviam praticar diariamente com o Gear VR por quatro semanas; após isso, a Samsung colocou cada um dos candidatos frente a uma plateia de verdade para ver se eles realmente haviam superado o medo.

Como esperado pela empresa, a diferença para os pacientes foi enorme. Foi o caso, por exemplo, da estilista Salminaz Shimshilova, que progrediu da total incapacidade de fazer contato visual com pessoas a lidar de maneira normal com grandes grupos:

Lidando com medos, do virtual para o real

Salminaz foi apenas uma das pacientes, é claro: a empresa usou sua tecnologia para ajudar um total de 82 participantes. Não se limitando apenas àqueles com fobia de falar em público, a Samsung criou um simulador para pessoas com medo de altura, que também expôs os candidatos gradualmente a situações cada vez mais assustadoras – de um passeio em um elevador de vidro a um voo de helicóptero no topo de uma montanha.

Assim como no caso anterior, o teste final para os pacientes envolveu um desafio real. No caso, cada um deles teve que enfrentar um passeio de tirolesa do topo de um famoso shopping em Dubai.

Fosse nas alturas ou frente a uma multidão de pessoas, o resultado do treino com o simulador foi o mesmo: segundo a gigante sul-coreana, houve uma redução de 90% no nível de medo dos candidatos quando expostos às suas fobias. Logo, não seria surpresa se, em um futuro próximo, esse se tornasse um método comum para ajudar pessoas a lidarem com seu medo.

Você acha que a tecnologia de realidade virtual pode ter usos na medicina? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: