O chamado efeito "burn-in" é um dos grandes medos de donos de smartphones. Como ele acontece? Quando alguma imagem fica muito tempo no mesmo local da tela e, por causa disso, ela acaba "queimando" os pixels no local e marcando uma forma no "vidro" para sempre.

O Galaxy S8 e o S8+ estão com uma novidade: o botão Home é virtual. Ou seja, são pixels que ficam estáticos sob a tela — e, exatamente por isso, aqui existia o risco do burn-in. Porém, a Samsung resolveu essa questão de uma maneira bem simples: via software, o botão se move automaticamente alguns milímetros para os lados. Dessa maneira, a tela não fica marcada.

Com o Super AMOLED, o risco voltou. Mas a Sammy resolveu isso de forma tranquila

A ação de o botão se mover foi confirmada pela subsidiária holandesa da Samsung. Então, para testar a veracidade disso, o pessoal do Galaxy Club fez um pequeno teste e realmente notou que o botão Home se move no Infinity Display, presente nos novos Galaxy S8 e S8+.

Os LCDs praticamente mataram o efeito burn-in, que acontecia em telas mais antigas. Contudo — e ironicamente —, o mais avançado Super AMOLED usado pela Samsung é mais suscetível a ter o display marcado do que o LCD. Por isso, a Samsung utiliza esses artifícios para você não se preocupar.

  • Abaixo, você vê as imagens provando como o botão Home se move na canto inferior da tela

A fita é usada como referência

  • Agora, se você quiser checar o Samsung Galaxy S8 em toda a sua glória, confira o nosso review em vídeo aqui embaixo.

Cupons de desconto TecMundo: