Desde o dia 7 de abril, a Samsung abriu para os usuários a pré-venda dos novíssimos Galaxy S8 e Galaxy S8+ na Coreia do Sul. Em apenas dois dias, as vendas dispararam: 550 mil unidades foram pré-encomendadas. O número é impressionante, ainda mais quando comparado com o do seu antecessor, o Galaxy S7.

Em relação ao modelo do ano passado, o S8 vendeu 5,5 vezes mais, um valor bem exorbitante. Se comparado com o Note 7, os números também são favoráveis: o Note 7 teve 400 mil unidades compradas antes da estreia, 150 a mil a menos que o S8. Em teoria, isso significa que as mudanças do smartphone foram bem-vistas pelo público e mesmo o fiasco do Note 7 não ofuscou o próximo celular top de linha da Gigante Coreana.

A borda infinita é um dos destaques do novo modelo

Essa visibilidade foi conquistada graças ao marketing da Samsung, que utilizou diversas mídias e até mesmo se aliou com outras empresas para distribuir brindes e materiais de divulgação. Além disso, o design foi um dos pontos positivos que chamaram atenção do consumidor, aliando a tela infinita com a borda curva.

Se o sucesso continuar, a Samsung pode quebrar o seu próprio recorde de vendas, detido atualmente pelo Galaxy S7, que teve 49 milhões de unidades vendidas no mundo inteiro. Se o número de smartphones de pré-venda for refletido nos demais mercados, certamente veremos um fenômeno de vendas muito em breve.

Cupons de desconto TecMundo: