Desde que surgiram os primeiros rumores sobre a possível interrupção da distribuição do Galaxy Note 7, também começou a ser cogitado que a Samsung poderia acelerar a produção do Galaxy S8 para substituí-lo. Porém, ao que tudo indica a fabricante coreana não vai mudar os planos e deve mesmo renovar o seu flagship somente no começo do ano que vem.

Mesmo após o anúncio de que o Note 7 vai ser mesmo descontinuado — e com a possibilidade de a linha Note ser cancelada —, não devemos ver uma aceleração nas linhas de produção. Em vez disso, a Samsung estaria aumentando a produção dos aparelhos Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge.

De acordo com o The Korea Herald, a Samsung teria optado por reforçar a produção dos aparelhos da linha Galaxy S7, Galaxy A8 e também de outros modelos mais simples — incluindo as linhas intermediárias e de entrada.

Também existe a informação de que as empresas parceiras da Samsung ainda não foram informadas sobre mudanças no roadmap, o que dá ainda mais força para a possibilidade de que só veremos o S8 em 2017. Ou seja: nas vendas do Natal deste ano só veremos os aparelhos que já estão no mercado. Será que a estratégia é correta?

Cupons de desconto TecMundo: