No começo de novembro, a Samsung anunciou a chegada do novo Galaxy On7 para o mercado brasileiro — sendo que, fora daqui, este aparelho está disponível somente na China e na Índia. O dispositivo conta com hardware de nível intermediário em questão de desempenho, havendo ainda tela de 5,5 polegadas e câmera traseira capaz de capturar fotografias com até 13 megapixels.

O preço sugerido pela Samsung para o Galaxy On7 aqui no Brasil é de R$ 949, mas há várias lojas oferecendo o produto por cerca de R$ 799. Será que vale a pena investir essa quantia no novo smartphone da fabricante sul-coreana? As respostas para isso nós vamos descobrir juntos. Acompanhe todos os detalhes de nossa análise e decida se o On7 é o smartphone certo para você.

Design

Não há como dizer que o dispositivo tem algum problema estético que o prejudique no mercado. À primeira vista, podemos afirmar que o Galaxy On7 continua oferecendo os mesmos traços de outros aparelhos da Samsung. Em resumo: ele é muito bonito, mas não inova em relação aos seus antecessores. Ele surge com carcaça de policarbonato e tampa removível que simula couro sintético, soluções já vistas no passado.

Os acabamentos são de alta qualidade e contribuem para fazer com que o design ganhe pontos. Vale dizer também que a tampa traseira, ainda que removível, consegue oferecer bastante firmeza e proteção à bateria. Partindo para a ergonomia, o Galaxy On7traz bastante segurança e estabilidade na utilização — com uma superfície nada escorregadia.

Desempenho

Quando partimos para a análise do desempenho do smartphone da Samsung, precisamos ter em mente que o hardware dele está longe dos top de linha — até mesmo pelo valor do produto isso fica bem claro. Equipado com o processador Snapdragon 410 e com 1,5 GB de RAM, o On7 pode sofrer para executar algumas funções no modo multitarefas — navegar na internet também pode exigir um pouco de paciência em sites pesados.

Por outro lado, a reprodução de vídeos no YouTube ou Netflix acontece com extrema qualidade e fluidez, o que o torna um bom dispositivo para aproveitar arquivos de mídia. Não podemos deixar de lado também a boa performance do celular na execução de games bem populares da atualidade. Em nossos testes, rodamos Horizon Chase e Modern Combat com muita qualidade.

Por outro lado, é preciso destacar um problema bem sério que pode ser visto no dispositivo. Apesar da qualidade mencionada, isso tudo é comprometido pela limitação da memória interna do aparelho. Ele traz apenas 8 GB para o armazenamento de dados e isso pode ser consumido pela instalação de aplicativos com bastante rapidez.

Especificações técnicas

  • Sistema operacional: Android 5.1 Lollipop
  • Tela: TFT de 5,5 polegadas
  • Resolução: 1280x720 pixels
  • Densidade de pixels: 267 ppi
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 410
  • Clock de processamento: 1,2 GHz
  • Memória RAM: 1,5 GB
  • Memória de armazenamento: 8 GB
  • Câmera traseira: 13 MP
  • Câmera frontal: 5 MP
  • Conectividade: Bluetooth 4.1; WiFi b/g/n; A-GPS; GLONASS; 3G; 4G
  • Bateria: 3.000 mAh
  • Cores disponíveis: dourado; preto
  • Dimensões: 151,8 mm x 77,5 mm
  • Espessura: 8,2 mm
  • Peso: 172 gramas
  • Preço sugerido: R$ 949

Tela

A tela do novo smartphone da Samsung é um dos grandes destaques do aparelho. Ela tem 5,5 polegadas e resolução HD (1280x720 pixels). Essa parceria é muito eficiente e garante bons resultados para os consumidores em praticamente todas as funções que forem desempenhadas — lembrando que essa resolução ainda garante maior autonomia para a bateria do aparelho.

O display presente no celular é TFT e oferece cores e brilho bastante agradáveis. Isso vale para navegação na internet, reprodução de vídeos e até mesmo para jogos. Destaque também para o tempo de resposta da tela, que permite que as funções sejam executadas com muita qualidade e rapidez.

Software e interface

Partindo para o sistema operacional do aparelho, temos uma utilização bastante fluida e dinâmica no Android Lollipop, sem travamentos ou outros problemas que possam afetar a experiência. Ele surge no mercado com vários apps embarcados, mas na versão que testamos o número não chega a ser excessivo e garante que não haja poluição visual na interface principal.

É de suma importância também deixar claro que, mesmo com o criticado TouchWiz, o aparelho não apresenta engasgos na utilização. Pelo menos ao que nos parece, o dispositivo foi lançado com um sistema bem enxuto para evitar que os usuários sofram para carregar apps e funções simples disponíveis.

Câmeras

Infelizmente, a câmera traseira de 13 megapixels deixou a desejar em algumas situações durante nossos testes. Em ambientes internos e com pouca iluminação, as fotografias capturadas pelo On7 acabam se mostrando muito opacas e pouco nítidas — sendo que algumas também apresentaram pouca definição na hora de exibir a profundidade das cores.

Com mais iluminação os resultados são melhores, mas ainda assim ficam longe de serem os melhores deste mercado intermediário. No entanto, é claro que também existem elogios para ela. Um dos destaques positivos da câmera está na velocidade das capturas, que são realizadas em instantes e garantem agilidade aos consumidores, principalmente para quem não quer perder uma cena interessante.

Em relação à câmera frontal, o smartphone não decepciona em nenhum momento. Com sensor para fotos de até 5 megapixels e a mesma velocidade elogiada no módulo traseiro, ela pode ser uma excelente ferramenta para quem quer capturar selfies com qualidade. Uma ótima ferramenta para o atual momento do mercado.

Conectividade e bateria

Em relação à conectividade, o On7 traz internet 4G e garante boas velocidades para a utilização de internet em redes móveis. Para a bateria, a Samsung investiu em um componente com 3.000 mAh para oferecer autonomia avançada. Isso se reflete diretamente no uso, pois permite que os consumidores fiquem mais tempo longe das tomadas. Em nossos testes, vimos que é possível utilizar o smartphone durante um dia inteiro sem problemas, o que é ideal para a grande maioria dos usuários.

Vale a pena?

Como já dissemos anteriormente, o preço sugerido pela Samsung para o Galaxy On7 é de R$ 949, mas há várias lojas oferecendo o produto por cerca de R$ 799 e ainda há versões com preços mais baixos. Certamente existe a dúvida nos consumidores: será que vale a pena investir esse valor nesse aparelho?

A resposta é “sim” para qualquer usuário que precise de um aparelho intermediário. Por esse preço, os consumidores levam para casa um smartphone com bons resultados para funções básicas,câmera veloz e satisfatória em grande parte do tempo, bateria de alto nível para autonomia avançada,conectividade 4G de alta qualidade e uma tela com brilho excepcional e cores excelentes.

Ou seja: sem dúvidas trata-se de um bom investimento para quem procura um smartphone e não exige hardware top de linha ou recursos muito avançados. Se esse é o seu caso, você pode apostar no Galaxy On7 da Samsung sem medo. Ressalvas apenas para quem exige que o celular apresente uma câmera mais completa.

O smartphone Samsung Galaxy On7 foi cedido para testes pela loja Cissa Magazine.

Cupons de desconto TecMundo: