Com o encerramento oficial das vendas do Galaxy Note 7, a Samsung tomou diversas medidas para recuperar as unidades do aparelho que já estão nas mãos dos consumidores. No entanto, ainda há quem deseje obter uma unidade do smartphone e que encontra em certas lojas essa possibilidade.

Um exemplo disso foi encontrado em Hong Kong pelo editor sênior site Engadget, Richard Lei. Além de exibir orgulhosamente o gadget conhecido pelo grande número de explosões, a loja garante oferecê-lo por um “preço especial” que não foi esclarecido — pelo que é possível verificar do painel de exibição do local, há uma quantidade generosa de aparelhos no estoque dos revendedores.

O aparelho continua sendo oferecido livremente a consumidores interessados

Não se sabe quais são os motivos pelos quais essa loja em específico decidiu continuar vendido o produto, já que, a essa altura, é difícil encontrar alguém que não tenha conhecimento sobre o que aconteceu com o Galaxy Note 7. Cogita-se inclusive a possibilidade de que os lojistas tenham obtido o gadget por “meios criativos”, o que impediria realizar seu retorno diretamente à Samsung.

Também há a possibilidade de que os lojistas simplesmente queiram se aproveitar da curiosidade (ou da falta de conhecimento) de consumidores para lucrar com o gadget. E você, compraria um smartphone que, apesar de reconhecidamente bom do ponto de vista do hardware e do software, traz consigo o risco de explodir?

Cupons de desconto TecMundo: