Sabe aquela história de que “há males vêm para o bem”? Aparentemente, a Samsung pode ter descoberto o nível de fidelidade de seus consumidores graças ao lançamento “explosivo” do novíssimo e poderoso Galaxy Note 7. Em um comunicado oficial feito em seu site, a companhia afirmou que o programa de recall dos dispositivos com problemas na bateria tem sido muito bem recebido por todo o mundo e que, apesar de tudo, cerca de 90% dos clientes preferiram apostar em uma nova unidade do aparelho em vez de migrar para outro celular da marca.

De acordo com a postagem feita pela companhia nesta terça-feira (27), a taxa de retorno desde o início da campanha – promovida pela Samsung em vigor após dezenas de relatos de consumidores que tiveram problemas com o phablet – tem sido ótima. Enquanto nos Estados Unidos e na Coreia do Sul o 60% dos aparelhos defeituosos já forma submetidos ao recall, por exemplo, em Singapura esse número já chegou a impressionantes 80%.

A família Galaxy Note 7 ainda atrai os consumidores

No texto, DJ Koh, presidente da divisão mobile da Samsung, explica que esse tipo de atitude foi surpreendente encorajadora e que a companhia se sente muito grata por essa lealdade de seus usuários. “É por isso que nós queremos que eles aproveitem seu programa de trocas local para que possam continuar a se sentir confiantes e empolgados cada vez que eles checarem seu Galaxy Note 7”, analisa o executivo.

Vale notar que, apesar do empenho da marca em realizar a troca de cerca de 2,5 milhões de unidades do modelo, alguns consumidores sul-coreanos andam reclamando que a nova versão do aparelho ainda apresenta problemas na bateria – seja por conta de superaquecimento ou de esgotamento rápido da energia. A empresa chegou a afirmar que esses são casos isolados, e que, sendo assim, a retomada de vendas do Note 7 deve ocorrer como programado, com boa parte do mundo voltando a receber o aparelho a partir de quarta-feira (28).

Cupons de desconto TecMundo: