A Samsung apresentou hoje (2), durante um evento especial em Nova York, o seu novo smartphone, o tão esperado Galaxy Note 7. O dispositivo confirmou praticamente todos os rumores vazados sobre ele até agora, exceto pelos 6 GB de RAM para a versão global. Nos EUA, o aparelho já estará em pré-venda amanhã. Eventos no Rio de Janeiro e em Londres foram feitos simultaneamente.

Vale destacar que o design do Note 7 é bem similar ao que já vimos nos atuais Galaxy S7 e S7 edge, mas a curvatura da tela é mais leve, garantindo mais espaço plano no display. Com isso, a curva da parte traseira ficou completamente simétrica, deixando o smartphone bem mais atraente do que o S7 edge.

O que temos de novidades interessantes são a volta do cartão micro SD para a linha note, recurso que tinha ficado de fora na versão anterior, e a certificação IP68, que garante proteção contra poeira e água a 1,5 m de profundidade por 30 minutos.

Especificações

Vale destacar que o Note 7 é o primeiro aparelho Samsung a contar com conexão USB-C, o que será útil para conectá-lo ao novo Gear VR, que tem esse mesmo tipo de USB. Confira a lista prévia de especificações. Conforme a Samsung liberar os detalhes do modelo nacional, nós vamos atualizando cada tópico.

Data e preço no Brasil

No Brasil, o Note 7 chega ao mercado na segunda quinzena de setembro, mas a pré-venda começa no dia 22 de agosto. Por aqui, a versão mais básica, com 64 GB de armazenamento, vai custar R$ 4.299 no lançamento. Diferentemente do modelo norte-americano, teremos o processador Exynos, feito pela própria Samsung, e a cor dourada em vez do azul. O preto e o prateado serão distribuídos globalmente.

Por aqui, teremos ainda um pacote especial para quem fizer a compra na pré-venda. A Samsung vai dar de presente um novo Gear VR — que terá um adaptador para funcionar com aparelhos micro USB — e um Gear IconX. O preço não sofrerá alterações nesse pacote: continua R$ 4.299.

Nova S Pen

Como não poderia deixar de ser, a S Pen tem uma série novos recursos, o que inclui melhor precisão e a possibilidade de traduzir frases. Você a encosta em algum texto em língua estrangeira e faz a tradução instantânea entre o português e mais 36 idiomas. Essa novidade será ativada por um novo atalho nos “comandos suspensos”, que aparecem na tela no momento em que você retira a caneta do dispositivo.

Você a encosta em algum texto em língua estrangeira e faz a tradução instantânea

Os comandos suspensos agora também contam com uma função para fazer GIFs a partir de vídeos na tela do dispositivo. Você seleciona a área para começar a "gravar" e aperta em "parar" para finalizar a animação. Depois disso, é só compartilhar.

A S Pen agora poderá fazer anotações em tela desligada não apenas para salvar no app de lembretes, mas também para ficar guardado direto na tela de bloqueio. O mesmo vale para o recurso “display always on”, que permite ver hora, data, calendário e anotações à mão com a tela parcialmente apagada.

Essa canetinha também tem certificação IP68. Assim, da mesma forma que o próprio Note 7, ela resiste à poeira e durante 30 minutos submersa em até 1,5 m de água.

Nova interface

Novamente confirmando os rumores anteriores, o Note 7 trouxe uma interface bem diferente do que estávamos acostumados a ver em aparelhos Samsung. A empresa se livrou um pouco das transparências, dos efeitos brilhantes e focou em algo mais sólido. A paleta de cores também ficou mais suave, o que deixou o software da marca mais em linha com o que esperamos de um dispositivo Android.

 

A nova interface também chegará a modelos já lançados

O smartphone chega ao mercado com Android Marshmallow, mas a sul-coreana confirmou que pretende atualizar em breve o modelo para o Android Nougat 7.0. Contudo, não há uma data concreta para quando isso vai acontecer.

A nova interface também chegará a modelos já lançados, como o Galaxy S7 e o S7 edge, mas também não se sabe a data. Provavelmente, apenas quando o Android 7.0 for distribuído para eles, o que ainda deve demorar alguns meses.

Biometria

O tão comentado leitor de íris está realmente presente no Galaxy Note 7, e, pelo que os primeiros testadores têm comentado, ele funciona muito rápido e de forma precisa. É interessante esse recurso ter um desempenho tão bom já na primeira implementação em um smartphone da marca. Contudo, vale lembrar que modelos como o Lumia 950 já usavam esse tipo de biometria para desbloquear o sistema.

Para funcionar, esse leitor usa uma câmera infravermelha que funciona bem na maioria das situações de iluminação. Com sol forte, existe a possibilidade de falhas ou lentidão; já no escuro, não há qualquer dificuldade nesse sentido.

O leitor de digitais permanece totalmente funcional no Note 7, e ambos os recursos de biometria poderão ser utilizados com o Samsung Pay, que estreou muito recentemente no Brasil. Isso quer dizer que você poderá autorizar pagamentos com os seus olhos. Quão futurista, hein?

Nós vamos dissecar alguns desses detalhes do novo Note 7 em publicações separadas em breve, assim como em um comparativo ente o aparelho da Samsung e seus principais concorrentes. Fique ligado para mais sobre o lançamento da sul-coreana.

Cupons de desconto TecMundo: