A Samsung é uma das fabricantes que mais lançam modelos de smartphones para o mercado. Dentro do seu portfólio, a linha "Galaxy J" é uma das maiores apostas da empresa em 2016 para o segmento de dispositivos intermediários.

O Galaxy J3 2016 é um dos aparelhos dessa linha, que foca no grande público ao oferecer um bom custo-benefício para os consumidores. Será que vale a pena apostar nesse smartphone da Samsung? É isso que você confere em mais uma análise do TecMundo.

O smartphone Samsung Galaxy J3 2016 foi gentilmente cedido por empréstimo pela loja online Girafa e pela Assessoria da Samsung para a realização desta análise.

Especificações técnicas do Samsung Galaxy J3 2016

Especificações técnicas

  • Sistema operacional: Android 5.1.1 (Lollipop)
  • Tela: Super AMOLED de 5 polegadas
  • Resolução de tela: 1280x720 pixels (Full HD)
  • Densidade de pixels: 294 ppi
  • Chipset: Spreadtrum SC8830
  • CPU: Quad-core de 1,5 GHz
  • GPU: Mali-400 MP2
  • Memória RAM: 1,5 GB
  • Armazenamento interno: 8 GB
  • Armazenamento externo: micro SD de até 128 GB
  • Câmera traseira: 8 MP com abertura de f/2.2
  • Câmera frontal: 5 MP com abertura de f/2.2
  • Bateria: 2.600 mAh (removível)
  • Conectividade: micro USB 2.0, WiFi 802.11 b/g/n, Bluetooth 4.1, A2DP e GPS (A-GPS, GLONASS, BDS)
  • Sensores: acelerômetro e proximidade
  • Altura: 142,3 mm
  • Largura: 71 mm
  • Espessura: 7,9 mm
  • Peso: 138 g
  • Cores: branco, dourado e preto
  • Preço oficial de lançamento: R$ 999

Samsung Galaxy J3 2016

Design

O Galaxy J3 2016 é um smartphone totalmente construído em plástico, inclusive as bordas – que simulam um material metálico – e a tampa traseira removível, que foi concebida para parecer uma espécie de couro. Embora o visual seja simples, o design desse smartphone surpreende por ser bastante atrativo, lembrando um pouco o que a Samsung fez antes de empregar materiais premium nos seus top de linha.

O J3 é bastante fino, com apenas 7,9 mm de espessura, dando destaque para as bordas laterais. Embora não tenha metal em sua construção, o desenho lembra bastante o que é utilizado no Galaxy S6.

Samsung Galaxy J3 2016

Na parte da frente, o tradicional esquema de botões da Samsung está presente, o qual peca por não oferecer retroiluminação nos botões capacitivos. O smartphone tem uma boa pegada e é fácil manuseá-lo com apenas uma mão. Por baixo da tampa traseira, encontramos a bateria removível e as entradas para os dois chips SIM e cartão micro SD.

Tela

Mesmo nos aparelhos intermediários, a Samsung costuma oferecer o display Super AMOLED. Porém, no J3, o resultado são imagens um pouco saturadas que exageram em tons claros, o que acaba não agradando.

Quanto ao tamanho e à resolução, ficamos satisfeitos com o J3, que é uma boa opção para o consumo de conteúdo como vídeos, fotos e textos. Porém, sentimos falta de uma opção de ajuste automático de brilho.

Samsung Galaxy J3 2016

Interface

O Galaxy J3 vem equipado com o Android Lollipop e a tradicional interface TouchWiz da Samsung. A experiência é agradável e fluida, mas não espere receber muitas atualizações do SO no futuro.

Desempenho

Quanto à performance, ficamos satisfeitos com o que o J3 oferece. O aparelho tem desempenho que atende bem a sua proposta, não engasgando na realização de tarefas cotidianas, como ligações e envio de mensagens. Também não tivemos problemas com o uso de redes sociais, jogos leves e apps de produtividade.

Porém, games um pouco mais pesados apresentam uma considerável queda de performance, o que é natural para o hardware do J3. O que mais incomodou foi a capacidade de armazenamento interno, que acabou limitando a instalação de alguns apps. Vale lembrar que nem o uso de cartão micro SD resolve o problema, já que não é possível transferir apps para a memória externa.

Benchmarks

Câmera

A câmera do J3 é outro ponto que se destaca, especialmente se levarmos em conta a proposta do aparelho. O sensor principal é capaz de capturar imagens realmente boas que vão agradar até mesmo os mais exigentes. Fotos noturnas infelizmente sofrem com a granulação excessiva, mas nada que comprometa a experiência de uso.

A câmera frontal também atende muito bem quem vai comprar esse smartphone, oferecendo a capacidade de capturar boas selfies em várias condições. Infelizmente, nenhuma das duas câmeras grava vídeos em Full HD.

Bateria

A bateria do J3 também surpreendeu, disponibilizando uma autonomia de até dois dias sob uso moderado. No teste de estresse, foram necessárias sete horas para drenar totalmente a carga do aparelho, uma marca respeitável.

Áudio

Se tem um ponto no qual o J3 não agrada muito é o áudio. O som reproduzido pelo smartphone é bem tímido, e os fones de ouvido que acompanham o conjunto são um pouco desconfortáveis.

Samsung Galaxy J3 2016

Vale a pena?

Diante de concorrentes como o Vibe K5, o LG K8 e o Grand Prime, da própria Samsung, o J3 se mostra uma ótima opção. Embora seu preço de lançamento chegue a quase R$ 1 mil, durante nossos testes o encontramos por pouco mais de R$ 700.

Por esse preço, os consumidores vão levar para casa um aparelho realmente competente e que atende muito bem a sua proposta. Vale a pena apostar nesse smartphone se você procura custo-benefício. O Galaxy J3 certamente é um dos melhores e mais baratos intermediários atualmente disponíveis no mercado.

Cupons de desconto TecMundo: