A Samsung é atualmente a empresa que mais vende celulares no mundo. Porém, a empresa sul-coreana não quer apenas ser conhecida pelo volume de vendas. Com o lançamento do Galaxy Alpha, a companhia quer entrar no segmento de smartphones premium, aparelhos com acabamento diferenciado ainda que o hardware não seja o mais potente possível.

A primeira aposta nesse mercado acaba de chegar ao Brasil e tem um objetivo claro: proporcionar ao consumidor a oportunidade de ostentar um belo smartphone em mãos. Por R$ 2.199 você pode levar para casa um celular que talvez não seja tão potente quanto o Galaxy S5, mas que certamente é mais bonito do que ele.

Será que a Samsung acertou com o lançamento do Galaxy Alpha? As nossas impressões sobre esse smartphone são o que você confere agora nesta análise.

Testes de benchmark

Para a realização desta análise, submetemos o Samsung Galaxy Alpha a quatro aplicativos de benchmark. São eles: 3D Mark (Ice Storm Unlimited), AnTuTu Benchmark 5GFX Bench (T-Rex HD Off screen) e Basemark X.

3D Mark (Ice Storm Unlimited)

O teste Ice Storm Unlimited, do 3D Mark, é utilizado para fazer comparações diretas entre processadores e GPUs. Fatores como resolução do display podem afetar o resultado final. Quanto maior a pontuação, melhor é o desempenho.

AnTuTu Benchmark 5

Um dos aplicativos de benchmark mais conceituados em sua categoria, o AnTuTu Benchmark 5 faz testes de interface, CPU, GPU e memória RAM. Os resultados são somados e geram uma pontuação final. Quanto maior a pontuação, melhor é o desempenho.

Basemark X

O Basemark X tem como foco principal mensurar a qualidade gráfica dos dispositivos. Baseado na engine Unity 4, o app aplica testes de alta densidade, mostrando qual dos aparelhos se sai melhor na execução de jogos. Quanto maior a pontuação, melhor é o desempenho.

GFX Bench (T-Rex HD)

O GFX Bench é voltado para mensurar a qualidade gráfica. Isso inclui itens como estabilidade de desempenho, qualidade de renderização e consumo de energia. Os resultados são revelados em média de frames por segundo (FPS). Quanto maior a pontuação, melhor é o desempenho.

Design

O grande diferencial do Galaxy Alpha é o seu design. Ele não se parece com nenhum smartphone que a Samsung lançou até hoje, e sem dúvida entra na lista dos modelos mais bonitos da empresa. Ao segurá-lo, a primeira impressão que temos é a de um produto muito leve, com uma pegada confortável e anatômica.

O aparelho possui acabamento em metal nas laterais, mas a tampa traseira removível continua sendo em policarbonato. Há detalhes, como chanfros e riscas emborrachadas que tornam seus visual muito semelhante ao dos iPhones 5S e 6, inspiração que a Samsung não nega.

Desempenho

O Galaxy Alpha não o aparelho mais potente lançado pela Samsung, mas está longe de decepcionar o consumidor nesse quesito. São dois processadores de quatro núcleos somados a 2 GB de RAM que permitem que o aparelho rode praticamente tudo que existe disponível na Play Store na atualidade.

O consumo de memória para ter sido otimizado e ele é menor do que o de outros aparelhos da empresa que também utilizam a interface TouchWiz. Comparando o modelo com o Galaxy S5, sua capacidade de processamento fica um pouco para trás em testes de benchmark.

Entretanto, ainda assim o conjunto é bastante equilibrado e, além dos apps tradicionais, você poderá rodar jogos mais pesados sem nenhum problema. O espaço de armazenamento é de 32 GB, mas nesta versão o modelo não é expansível.

Tela

O display de 4,7 polegadas é Super AMOLED, o que garante uma qualidade final de imagem acima da média. Mesmo não tendo resolução Full HD, o aparelho não decepciona nesse quesito e a Samsung entrega um display brilhante e com cores nítidas. Há pouco índice de reflexo sob luz forte e olhar para a tela do Alpha é bem agradável.

Aliás, o display se mostra bastante harmônico com restante do aparelho. O tamanho de tela, que pode ser considerado intermediário se analisarmos aqueles que estão disponíveis no mercado, se mostra também uma escolha capaz de agradar a todos os tipos de público.

Câmera

O Galaxy Alpha conta com duas boas câmeras, mas elas não são as melhores já produzidas pela Samsung. Ao que parece, a empresa optou por um conjunto mais equilibrado, entregando resultados satisfatórios para o consumidor. As fotos capturadas com a câmera principal são nítidas e apresentam baixo índice de ruído em ambientes iluminados.

Já em fotos noturnas, a qualidade cai sensivelmente, mas o resultado é aceitável. Com a câmera frontal as imagens obtidas também apresentam níveis dentro do esperado. Os 2,1 megapixels de resolução não tornam o aparelho um “selfie phone”, mas permitem que o usuário consiga boas fotos com muita facilidade.

Bateria

A bateria do Galaxy Alpha não é nenhum primor. A capacidade de 1.860 mAh faz com que o modelo tenha um desempenho apenas regular neste quesito, ou seja, não espere uma bateria que vá durar mais de um dia em hipótese alguma.

Em uso normal, saindo de casa pela manhã com 100% de carga, você chegará ao final do dia com cerca de 20 a 30% de bateria. Já para execução de vídeos de forma contínua, cerca de cinco horas e meia são suficientes para drenar a carga por completo.

Qualidade de áudio

Para o Galaxy Alpha, a Samsung manteve fones de ouvido similares aos do Galaxy S5, o que garante boa qualidade de áudio. Já a saída de som do smartphone está localizada na parte de baixo do aparelho e garante um som alto e claro. Porém, seu posicionamento pode fazer com que ela seja recoberta pelas mãos na hora que você for jogar, tornando o som mais abafado.

Vale a pena?

Ao adquirir um Galaxy Alpha tenha em mente o seguinte: você está adquirindo um produto premium e estará pagando a mais pelo design e não pelas suas configurações de hardware. Em outras palavras: se você procura desempenho, o Galaxy S5 é melhor e mais barato. Se você procura design, escolha o Galaxy Alpha.

Apesar de ser inferior ao top de linha da Samsung, há diversos itens que tornam o uso do Alpha bastante agradável. O fato de ele ser bastante leve e apresentar um conjunto de características funcionais de qualidade faz com que o consumidor tenha a garantia que terá em mãos um produto capaz de se adaptar a qualquer situação.

Outro boa notícia é o fato do consumo de RAM ter diminuído nesta versão com TouchWiz. A aposta da Samsung com esse aparelho é apresentar uma nova opção para os seus clientes e desfazer de uma vez por todas a imagem de que a companhia faz aparelhos visualmente pouco atrativos. O Galaxy Alpha é, sem dúvida, um belo smartphone e se você está disposto a pagar um pouco mais pelo design, vale a pena incluir esse modelo em suas pesquisas na hora da compra.

Cupons de desconto TecMundo: