A nova tecnologia para banda larga móvel em alta velocidade em desenvolvimento, a LTE, ou Long Term Evolution, promete balançar as bases da tecnologia, podendo tornar a velocidade de navegação muitas vezes mais rápida. A LTE, lançada pela gigante americana Verizon, pode ser considerada uma evolução da tecnologia 3G, e já está sendo vista por especialistas como a última etapa antes do que poderia ser a tecnologia 4G.

Como as redes de telefonia móvel não são mais utilizadas apenas para a transmissão de voz, cada vez mais dados de chamadas de vídeo, conteúdo multimídia, jogos e navegação são utilizados por um número crescente de usuários. E a tecnologia deve evoluir constantemente para acompanhar o uso dos vários recursos.

Velocidade até dez vezes mais rápida

A grande inovação da LTE é a velocidade da transmissão de dados através da rede sem fio. Quem já estava impressionado com a tecnologia 3G, que permite downloads com transmissão dados numa velocidade de até 14Mbps (megabits por segundo), vai ficar de queixo caído com a LTE. Só para ter uma ideia, a tecnologia WiMax, que segundo especialistas já vem sendo ultrapassada pela LTE, atinge o pico de 72Mbps.Velocidade da conexão sem fio pode aumentar em até dez vezes

No último Mobile World Congress, evento mundial da tecnologia móvel ocorrido em fevereiro em Barcelona, um stand da Ericsson mostrou o download de um arquivo de 200MB em menos de dez segundos. Nos testes da LTE os picos de velocidade chegaram a atingir 170Mbps (megabits por segundo), ou seja, mais de dez vezes o que a tecnologia 3G faz hoje e mais que o dobro que a WiMax promete fazer.

Outra novidade interessante da LTE é o suporte às transmissões de televisão HD, a TV digital de alta qualidade, já em processo de implantação no Brasil este ano. No Mobile World Congress, no stand da LG, foi mostrado um streaming ao vivo de HD através da rede LTE.

E os aparelhos?

A plataforma para uso da LTE não deve ficar apenas nos aparelhos móveis como celulares, mas também modems USB e computadores portáteis. A tecnologia 3G sofreu alguns atrasos de implantação, devido à falta de suporte nos aparelhos mais populares. Grandes fabricantes já prometem suporte à nova tecnologia

Para a LTE, grandes fabricantes e operadoras já ofereceram oficialmente apoio para a implantação mundial, como a Nokia, Ericsson e outras grandes, que apresentaram testes em seus stands no Mobile World Congress.

O grande interesse do mercado nessa tecnologia está na mudança do foco, de apenas transmissão de voz para a transmissão de grandes volumes de dados. Especialistas apontam para o crescimento das redes ao redor de serviços já em fase de implantação, como chamadas em vídeo, acesso à internet e conteúdo multimídia, que já atingem 30% dos usuários no Brasil.

Quando vai ser implantada?

Implantação deve começar dentro de dois anosGrandes operadoras da China como a China Mobile e NEC já anunciaram a realização de testes pilotos e assinaram acordos para desenvolvimento e comercialização dessa nova tecnologia. 

As primeiras redes definitivas devem ser instaladas dentro de dois anos, o que não estimulará, porém, as vendas em curto prazo, mesmo com a promessa de tornar o uso da internet móvel muito mais rápido.  Como a padronização da 3G está sendo lenta, a LTE deve ser vista como uma evolução gradual da tecnologia atual.

Cupons de desconto TecMundo: