Você já reparou na enxurrada de anúncios de planos de Banda Larga que existem por aí? É um festival de siglas e valores que aparecem nas propagandas e que acabam confundindo a cabeça do cliente ao invés de ajudá-lo a contratar o plano mais adequado. Para tentar solucionar este enorme problema que incomoda muita gente, hoje vamos dar dicas e esclarecer alguns pontos sobre este assunto para que você não gaste dinheiro à toa na hora de navegar por aí, ou por aqui.

Há alguns anos atrás, era difícil ouvir alguém falar que tinha internet rápida em casa, principalmente em cidades do interior, visto que esta tecnologia demorou muito a chegar às cidades mais distantes dos grandes centros. Hoje isso já é diferente – mas, não muito -, pois em várias cidades do interior os serviços de Banda Larga estão disponíveis.

Isso indica que o número de usuários que estão migrando da conexão discada está cada vez maior, haja vista que segundo o Barômetro Cisco, o número de conexões Banda Larga no país no primeiro semestre de 2008 chegou a mais de 10 milhões.

Todos conectados

Mas o que é Banda Larga?

Segundo a Cisco, a definição de banda Larga se resume em dois tópicos:

    Velocidade de conexão igual ou superior a 128 Kbps para download e upload.
    Conexão permanente, ou seja, 24 horas por dia, sete dias na semana sem interrupções e sem ocupar a linha telefônica.

Além destas definições, a Banda Larga conta com várias formas de transmissão: A cabo, 3G, ADSL, Wi-Max, Satélite, EDGE e mais algumas.



CONEXÕES



Internet a Cabo

CabosA conexão via Cabo para Internet é uma das mais populares, porém sua implantação é cara e demorada. Ela depende de toda uma estrutura de cabeamento para levar a conexão aos computadores dos consumidores, portanto é muito mais difícil fazê-la chegar a todos os pontos necessários.

Até cidades como São Paulo não são totalmente cobertas pela conexão a Cabo, então imagine cidadezinhas no interior do país. A vantagem deste tipo de conexão é a estabilidade e a liberação da linha telefônica enquanto navega. Isso não é possível com a Internet Discada.

3G

A sigla 3G não sai da cabeça de muitas pessoas, ainda mais que a quantidade de comerciais sobre esta nova tecnologia não param de aparecer por aí. 3G nada mais é do que Internet móvel e em alta velocidade, pois a velocidade de conexão pode chegar até a 7 Mbps (segundo algumas operadoras, o que ainda não é muito comum). O que acaba atrasando a migração de mais pessoas para este tipo de serviço é o custo – da conexão e do aparelho – e a instabilidade da conexão. Para saber mais sobre o assunto, acesse o artigo “O que é 3G”.

ADSL

A sigla ADSL significa Asymmetric Digital Subscriber Line que em português quer dizer Linha Digital Assimétrica para Assinante. O nome assimétrica não é por caso, visto que uma das Adslcaracterísticas deste tipo de conexão é a assimetria entre o envio (upload) e recebimento (download) de dados.

Este tipo de conexão divide a sua linha de telefone em três partes, chamadas de canais digitais e em cada um desses canais trafegam sinais de voz, download e upload. O canal de voz serve para você poder usar o telefone e os outros dois para a navegação. 

Existem aproximadamente três tipos de conexões que derivam da DSL: a ADSL, ADSL2 e VSDSL2, porém ADSL é a mais comum e suporta conexões a partir de 256 Kbps até 8 Mbps. As demais conexões citadas acima variam entre 256 Kbps até 100 Mbps. Para saber mais sobre o assunto clique aqui.

Rádio

A Internet via rádio também é muito comum, pois ela está presente, principalmente em locais públicos como bares, restaurantes, cafés e shoppings. A Internet via rádio funciona praticamente da mesma forma que o seu rádio, já que há repetidoras que enviam o sinal de conexão do servidor para sua casa ou empresa.



O QUE ESCOLHER



Tipo de conexão

O que farzer?

Agora que você já sabe como funcionam alguns tipos de conexões, é hora de saber o que se enquadra no seu perfil de usuário e contratar um plano de Banda Larga que se adéque às suas necessidades.

Cada tipo de conexão possibilita velocidades variadas, desta forma, em primeiro lugar, verifique a disponibilidade de cada tipo de conexão para a sua região. De nada adianta querer assinar uma conexão a cabo se eles ainda não chegaram até sua casa. Se você tiver a sorte de poder optar entre cabo, ADSL e rádio opte pela cabo, visto que ela é mais estável que as outras.

Velocidade

VelocidadeQuando se fala em velocidades de conexão todo mundo presta mais atenção, ainda mais que isso é o que mais importa não é? Errado. Nem sempre ter zilhares de Mbps é vantajoso.

Você pode pensar que estou falando besteira, mas pense da seguinte maneira. Adianta você comprar uma Lamborghini Reventon, que pode custar 1.5 milhões de dólares e que pode chegar a 340 km/h se você não pode passar de 80 Km/h nas ruas por onde trafega?

A mesma coisa acontece com um plano de Banda Larga, afinal adianta ter 100 Mbps para ler seus emails, assistir vídeos, acessar o Orkut e pagar caro por isso? É claro que não, pois este tipo de tarefa não exige mais do que 1 Mbps – chutando alto.


Portanto, antes de contratar um plano avalie o quanto de banda você precisa, por exemplo, se você deseja baixar filmes, músicas e jogar games online, sem dúvida você vai precisa de uma conexão parruda de uns 10 Mbps ou mais.

Novas tecnologias

Apesar de estar na moda, a Internet 3G ainda não é a melhor opção de conexão se falarmos em Internet residencial. Por ser ainda muito instável e cara, a 3G é aconselhada para casos sem alternativas ou para quem quer se conectar em qualquer lugar – desde que não seja em casa.

Conecte-se
PC não acompanha?
Agora que você já sabe um pouco sobre as opções de conexões disponíveis no mercado, seja inteligente na hora de escolher a sua. Vale lembrar que para ter sempre uma boa conexão é importante manter seu computador em dia, livre de vírus e com hardwares compatíveis com a velocidade contratada. 

Assim você vai poder aproveitar ao máximo cada uma destas tecnologias ou as que estão disponíveis para você. De nada adianta uma mega velocidade se seu PC é tão veloz quanto uma tartaruga.

Para não se limitar a estas conexões, confira mais artigos sobre Banda Larga:

Cupons de desconto TecMundo: