Não é difícil ficar perdido em um aeroporto de um país que não é o seu, especialmente se você não for veterano em viagens internacionais. Se você acabar nessa situação no Aeroporto de Schiphol, na capital holandesa Amsterdã, nada tema: Spencer está disposto a ajudá-lo.

Só que Spencer não é um funcionário de uma companhia aérea. Ele é um robô projetado pela Örebro University, da Suécia, e encomendado pela empresa KLM, da Holanda, para servir como um guia eletrônico pelo local.

As principais funções de Spencer são guiar passageiros de um portão ao outro, procurar clientes que estão perdendo voos (ou já perderam e têm muito tempo livre) e mostrar dados gerais da passagem em seu monitor. Outro componente de destaque é o "rosto" da máquina, que passeia entre o assustador e o simpático.

"Atenção, senhores passageiros"

Sensores ajudam Spencer a mapear seu entorno para não bater em pessoas, bagagens e outros objetos. Ele também compreende o movimento humano, preferindo passar entre um grupo de pessoas do que no meio dele, por exemplo.

Spencer será testado pela primeira vez em 30 de novembro e, se a prova for bem sucedida, ele deve começar a operar de vez em março, durante uma visita de oficiais importantes ao aeroporto.

Você acredita que robôs poderão substituir os humanos? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: