Samsung investirá em robôs para reduzir dependência de mão de obra chinesa

1 min de leitura
Imagem de: Samsung investirá em robôs para reduzir dependência de mão de obra chinesa
Avatar do autor

Com uma economia que não para de crescer, mesmo em meio à crise econômica atual, a China tem vivido um ótimo momento. No entanto, isso não se reflete em todas as empresas que investem e fabricam seus produtos por lá. A Samsung, por exemplo, investirá em robôs para manufaturar seus eletrônicos na própria Coreia do Sul devido aos aumentos dos salários chineses, o que vêm reduzindo sua margem de lucro.

Essa iniciativa conta com o apoio do governo sul-coreano, que injetará US$ 14,8 milhões (cerca de R$ 57,7 milhões) na criação de “fábricas inteligentes” no país, que terão braços robóticos para a montagem de eletrônicos. Assim, a dependência da mão de obra chinesa se tornará menor, ao mesmo tempo em que faz crescer o desenvolvimento local de empresas de robótica.

A estimativa do governo é que a construção dessas fábricas esteja finalizada até 2018, o que fará com que a Coreia do Sul se torne mais competitiva no mercado de robôs. No ano passado, ela ficou com o quarto lugar mundial em número de linhas de produção automatizadas, atrás de China, Japão e Estados Unidos.

No Japão, algumas fábricas empregam robôs trabalhando lado a lado com seres humanos - Imagem: The Japan TImes

De acordo com o Ministro do Comércio, Indústria e Energia da Coreia do Sul, a Samsung fornecerá especificações, controle de qualidade, consultoria e orientação para os produtores de robôs locais, para que seus produtos ganhem lugar no mercado. O investimento será em cima de empresas de robótica de pequeno e médio porte, e os robôs serão usados na construção de produtos de pequeno porte, como telefones e outros eletrônicos.

O que você acha do emprego de robôs em linhas de montagem de eletrônicos no lugar de seres humanos? Comente no Fórum do TecMundo

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Samsung investirá em robôs para reduzir dependência de mão de obra chinesa