Apesar de imaginarmos os robôs como humanoides que no futuro podem dominar o mundo, a realidade é que eles são apenas máquinas programadas para realizar um trabalho específico. Portanto, toda vez que uma equipe desenvolve um equipamento capaz de se adaptar ao ambiente em que se encontra, isso é bem impressionante.

Um ciborgue desenvolvido pelo JSK Laboratory da Universidade de Tóquio possui uma característica bem única: ao tentar mover um objeto pesado, ele mensura a força necessária para empurrá-lo, podendo adequar – de forma autônoma – sua postura para conseguir um melhor desempenho.

Em outras palavras, o robô pode se virar para uma caixa e empurrá-la com as costas e os pés, da mesma forma que um humano faria. E o melhor de tudo é que ele consegue medir a distância dos passos, evitando quedas e acidentes. Você pode conferir o vídeo do funcionamento abaixo:

Conforme vimos na demonstração acima, o robô, que faz parte da pesquisa da Universidade de Tóquio chamada de “Whole-Body Pushing Manipulation With Contact Posture Planning of Large and Heavy Object for Humanoid Robot”, consegue analisar o problema e resolvê-lo da melhor forma possível, seja empurrando com as costas, com as mãos ou com os ombros. O que você achou do projeto?

Cupons de desconto TecMundo: