Nos últimos dias, aconteceu o DARPA Robotics Challenge, uma competição de robótica realizada pela agência de defesa do Estado Unidos para incentivar os aprimoramentos neste seguimento. Uma série de países participou dessa programação e todos puderam mostrar as inovações conseguidas com as suas máquinas.

Na edição de 2015, uma equipe coreana levou o prêmio de US$ 1 milhão para casa após ter pontuado mais que as concorrentes em vários desafios de precisão e agilidade. O HUBO – sigla para humanoid robot – é a máquina da Team KAIST, vencedora da competição cujo principal objetivo é demonstrar a capacidade robótica de responder às catástrofes naturais sem colocar em risco o ser humano.

Tombo durante a competição.

Tombo durante a competição.

Tombo durante a competição.

Tombos e mais tombos

Apesar do destaque para a equipe coreana, o detalhe que mais despertou atenção do público foram os erros que aconteceram durante a edição de 2015 do DARPA Robotics Challenge. A reprodução que abre esta matéria mostra alguns tombos e falhas apresentadas durante as provas realizadas com os robôs.

Se por um lado o vídeo é cômico, por outro causa um alívio para aqueles que estavam preocupados na dominação do mundo pelos robôs. Se as máquinas ainda têm dificuldade de girar uma maçaneta, subir escadas ou mesmo caminhar sobre um chão irregular, ainda falta um pouco até que elas consigam se rebelar e exterminar a humanidade.

Cupons de desconto TecMundo: