Se você vir um inseto como este, não o mate com uma chinelada, pois ele não saiu de um filme B de terror. Ele é o mais novo projeto dos pesquisadores da universidade de Bielefeld, na Alemanha.

Após três anos de pesquisas, os cientistas conseguiram desenvolver um inseto mecânico capaz de desviar de obstáculos e se adaptar às superfícies irregulares. O robô tem seis pernas independentes e sincronizadas para não desestabilizá-lo. Confira no vídeo abaixo os primeiros passos de Hector, nome dado a ele por seus criadores:

Com movimentos bem naturais e adaptativos ao cenário em que se encontra, Hector foi criado com as capturas de movimentos de um inseto chamado bicho-pau, que se assemelha a um galho de árvore. E você achando que só pessoas utilizavam essa tecnologia, né?

O projeto abrangeu oito grupos de pessoas de áreas distintas, como ciência da computação, engenharia, biologia e física. O robô consegue desviar dos obstáculos graças aos seus sensores e câmeras de curto alcance. Hector tem como objetivo o estudo de locomoção dos insetos e futuramente receberá melhorias para imitar ainda melhor o movimento desta espécie.

Cupons de desconto TecMundo: