Muitas tarefas cotidianas exigem o uso de duas mãos para que elas possam ser realizadas corretamente. Desde mexer uma xícara de café até abrir a tampa de uma garrafa de refrigerante grande, há atitudes que simplesmente não são possíveis de se fazer com um único membro — em alguns casos, a possibilidade existe, mas apresenta um nível de dificuldade maior.

Pensando nesse tipo de situação (e em pessoas que sofrem com algum tipo de deficiência), estudantes do MIT desenvolveram uma espécie de “upgrade robótico” para a mão humana. O resultado é uma máquina conhecida como “7 finger robot”, que tem o formato semelhante ao de duas garras que saem diretamente do pulso do usuário.

Faye Wu, um dos graduandos em engenharia mecânica envolvidos no projeto, explica que os dedos mecânicos recebem comandos a partir de um sensor capaz de calcular o posicionamento de dedos humanos. A partir desse dado, o equipamento usa algoritmos que controlam sua movimentação — o objetivo da novidade é aprimorar a capacidade humana de realizar tarefas que envolvam lidar com objetos grandes ou que estejam muito quentes.

Segundo Wu, o acessório deve se mostrar “especialmente útil para idosos e para pessoas com alguma deficiência” devido à sua capacidade de “ajudá-los a vivenciar a vida de forma mais independente”. Apesar de o projeto parecer interessante, ele ainda deve passar por algumas mudanças de design (de forma a torná-lo mais atraente ao olhar) antes de seus desenvolvedores cogitarem um lançamento comercial.

Cupons de desconto TecMundo: