(Fonte da imagem: Reprodução/Gizmodo)

Muita gente tem medo de doar sangue pelo simples fato de que a injeção para a coleta pode doer um pouco — e grande parte dessas pessoas já sente um frio na barriga na hora em que a enfermeira passa o algodão com álcool. Para resolver essa questão e tornar o processo de trabalho mais simples e menos dolorido, uma empresa chamada Veebot criou um robô que recebe o mesmo nome.

A máquina utiliza uma espécie de torniquete para fazer com que as veias fiquem mais salientes. Em seguida, ela analisa o braço da pessoa utilizando diferentes tipos de sensores — como infravermelhos e ultrassom — e um software de análise de imagem para encontrar a melhor veia e inserir a agulha, resultando em apenas um minuto de trabalho.

E já trabalha bem!

Além de fazer com que o processo de recolher sangue doa menos, os desenvolvedores também têm o objetivo de padronizar esse tipo de trabalho, fazendo com que aconteçam menos erros ou complicações. Apesar de ainda estar em fase de testes, o protótipo do Veebot já alcança uma taxa de 83% de sucesso — a mesma de enfermeiros médios.

Agora, os responsáveis pelo projeto pretendem fazer com que a máquina ultrapasse a marca de 90% e fique cada vez mais eficiente, até que os testes clínicos realmente comecem. E aí, você entregaria o seu sangue para um robô sem medo ou o seu pavor de agulhas aumenta sem alguém para dizer que “é só uma picadinha”?

Cupons de desconto TecMundo: