Após anos de desenvolvimento, a Universidade da Califórnia apresentou no último domingo (6) o primeiro vídeo de Diego, robô com um rosto de bebê assustadoramente realista. O dispositivo é resultado da colaboração entre o Machine Perception Laboratory, a Kokoro e a Hanson Robotics, tendo o objetivo de ajudar pesquisadores a compreender o desenvolvimento cognitivo de crianças.

O resultado é um robô que apresenta um funcionamento complexo, composto por 27 partes móveis somente em sua cabeça. Já a movimentação do corpo da invenção é feita por 44 juntas pneumáticas, que o ajudam a se movimentar de forma bastante semelhante à de um humano real.

Os desenvolvedores deram atenção especial à face de Diego, que se mostra capaz de reproduzir uma grande variedade de emoções humanas. Apesar da proximidade que o robô tem com pessoas reais, é difícil não se sentir ao menos um pouco estranho (ou terrivelmente assustado) ao ver as caras e bocas que o dispositivo é capaz de fazer.

Cupons de desconto TecMundo: