(Fonte da imagem: Reprodução/Phys.org)

A Fundação Nacional de Ciência (NSF – National Science Foundation) dos Estados Unidos garantiu o financiamento para quatro anos de um projeto da Universidade de Berkeley, na Califórnia, que estuda o desenvolvimento de robôs para as salas de cirurgia.

A equipe liderada por Ken Goldberg e Pieter Abbeel utiliza o Raven II, uma plataforma de hardware de código aberto — também financiada pela NSF — para desenvolver máquinas que possam executar tarefas complexas e também para complementar o trabalho de cirurgiões.

As máquinas devem ser capazes de realizar atividades como retração ou sutura, trabalho que geralmente exige um ou mais auxiliares. Para fazer isso, os robôs poderão ser treinados (e supervisionados) por humanos, além de receber instruções através de comandos específicos.

Cupons de desconto TecMundo: