(Fonte da imagem: Reprodução/Cnet)

Da próxima vez que você for pego no flagra cometendo algum crime na rua, é o sujeito artificial acima que pode lhe dar voz de prisão.

Pesquisadores da Florida Internacional University estão desenvolvendo o que pode ser o policial do futuro. Ele é praticamente um Robocop, mas com um conceito diferente: trata-se de um robô que é controlado remotamente por um humano – no caso, policiais ou soldados inválidos (com ferimentos de guerra, por exemplo) ou aposentados.

Mais de US$ 20 mil já foram doados para o projeto pelo tenente-comandante Jeremy Robins, que deseja produzir logo os protótipos e colocar os robôs nas ruas o mais rápido possível para devolver os ex-oficiais à rotina, mesmo que indiretamente. Eles agiriam como patrulheiros, sendo equipados com uma câmera e podendo até responder a chamadas de números de emergência.

O design pode mudar bastante em comparação à imagem acima, mas a ideia é que ele pareça uma figura autoritária, respeitável – afinal, é uma voz de dentro do robô, que será totalmente inofensivo, que vai orientar as pessoas na rua. O projeto não tem previsão para sair do papel.

Fonte: Cnet

Cupons de desconto TecMundo: