O projeto desenvolvido em uma parceria entre a DARPA e o Sandia National Laboratories pode ser considerado a mão robótica mais realista já criada até hoje. O dispositivo modular conhecido como Sandia Hand consegue imitar com perfeição os movimentos humanos, sendo capaz de lidar com objetos como parafusos pequenos e realizar atos como colocar pilhas em uma pequena lanterna.

O dispositivo é controlado de forma semelhante a um fantoche, reproduzindo os movimentos feitos por um operador usando uma luva especial. Embora os desenvolvedores não deixem muito claro quais foram as técnicas empregadas na criação da novidade, é difícil negar que os resultados obtidos são bastante impressionantes.

Outra inovação trazida pela invenção é o fato de que, por ela ser modular, dedos podem ser acoplados e desacoplados facilmente. Isso permite o uso de acessórios especiais como câmeras e ferramentas para construção — segundo o time de engenharia responsável, a mão robótica vai ser capaz de trocar automaticamente as peças que utiliza.

Custo reduzido

Inicialmente, a Sandia Hand deve ser empregada em operações policiais que envolvam o desarmamento de explosivos, que normalmente são explodidos por questões de segurança. A mão robótica possibilita a coleta de uma quantidade maior de evidências ao mesmo tempo em que mantém seguro o seu operador em caso de acidentes.

O custo de produção da novidade está calculado em US$ 10 mil por unidade, valor bastante inferior à média cobrada por outros aparelhos do tipo, que chegam a custar até US$ 250 mil. A expectativa é que haja uma redução de custos quando a invenção sair de seu estágio de protótipo e passe a ser fabricada em larga escala.

Fonte: Sandia National Laboratories

Cupons de desconto TecMundo: