Ângulos inusitados prometem render a Reuters ótimas fotografias (Fonte da imagem: Reprodução/Reuters)

A Reuters está preparando uma grande cobertura para Jogos Olímpicos de Londres. A respeitada agência de notícias sediada na Inglaterra está, nesse momento, instalando seu material fotográfico nos diversos pontos de competição. “Queremos fazer coisas impossíveis, assim como os atletas nos Jogos Olímpicos”, afirmou o fotógrafo Frabrizio Bensch em um post no blog dos fotógrafos da empresa.

A novidade para essa edição das Olimpíadas é uma nova tecnologia, que está sendo desenvolvida desde 2009 pelo fotógrafo Pawel Kopczynski. Ela permitirá aos fotógrafos da Reuters tirar fotografias de ângulos inusitados, além de disponibilizá-las para todos os clientes da agência em questão de minutos.

A inovação já foi testada no Campeonato Mundial de Atletismo, em Daegu, Coreia do Sul, e também no Mundial Indoor de Atletismo em Instambul.

Cobertura robótica

O grande trunfo da cobertura será a utilização de câmeras robóticas feitas especialmente para lugares elevados que não podem ser cobertos por um fotógrafo. Ao longo das próximas semanas, e empresa irá instalar diversas dessas câmeras pelos locais de competição — e até equipamentos de escalada serão utilizados para posicioná-las.

As câmeras poderão ser acionadas remotamente por um fotógrafo através de transmissores sem fio ou localmente por meio de um cabo. Todas as imagens serão transferidas diretamente para o sistema de edição remoto e, depois, distribuídas pelo mundo.

O movimento das câmeras poderá ser controlado ao longo de cada eixo, e o operador da câmera poderá controlar a lente e o zoom remotamente através de um joystick. “Um monte de atletas irá olhar para essas câmeras robóticas, mas eles não vão ver o fotógrafo atrás da lente”, afirmou Bensch.

“É possível colocar 11 ’fotógrafos’ em uma caixa e alocá-los em uma posição onde você nunca poderia assentar uma pessoa? Normalmente seria absolutamente impossível. Mas nada é impossível quando se trata de Jogos Olímpicos”, completa o fotógrafo.

Fonte: Reuters

Cupons de desconto TecMundo: