SAFFiR, o robô criado para combater incêndios em navios da Marinha dos Estados Unidos (Fonte da imagem: Reprodução/The Verge)

Se um incêndio é algo assustador em qualquer ambiente, imagina ter que enfrentar labaredas flamejantes em um lugar ainda mais inóspito, como os porões de um navio no meio do oceano.

Pois essa é a ideia de teste considerada ideal para o SAFFiR, um novo robô que está sendo desenvolvido para ser utilizado no combate à perigosos incêndios que acontecem nesse tipo de situação.

O humanoide foi construído pelo laboratório RoMeLA da Virginia Tech, em conjunto com a Universidade da Pensilvânia – e com apoio financeiro da Marinha dos Estados Unidos. O investimento no projeto foi de cerca de 2,6 milhões de dólares.

O robô-bombeiro foi desenvolvido com uma grande estrutura em alumínio capaz de ajudá-lo na tarefa de carregar a pesada carga de equipamentos para combate a incêndios. Além disso, ele conta também com molas que simulam os tendões do corpo humano, o que lhe confere uma flexibilidade grande, capaz de tornar mais fácil a tarefa de levantar objetos pesados.

Para apagar o fogo ele pode manejar extintores, mangueiras e jogar PEAT (propelled extinguishing agent technology) – uma espécie de granada com substâncias de combate a incêndios, em direção ao fogo. Já para andar em meio a fumaça, o robô deve trazer também sensores de infravermelho.

Segundo o site The Verge, o teste real de SAFFiR deve acontecer em setembro de 2013, quando ele será colocado em um ambiente real de combate a incêndios no USS Shadwell. Só depois disso será possível afirmar se ele realmente é capaz de fazer o que os criadores esperam.

Cupons de desconto TecMundo: