Em fevereiro de 2015, a Boston Dynamics (empresa adquirida pela Google em 2013) apresentou ao mundo Spot, robô com quatro pés e sensores integrados que permitem andar pelos mais variados terrenos. Na ocasião, foi mencionado que a sua proposta seria de realizar buscas e fazer reconhecimento de áreas, e enquanto ele ainda não está preparado para cumprir tais objetivos seus criadores arranjaram outra utilidade para a criatura: interagir e brincar com animais reais. 

O vídeo que você confere na janela que está na abertura desta notícia mostra o robô interagindo com um cachorro (aparentemente conhecido como Fido). Porém, o animal não encara as coisas dessa forma e tenta intimidar o “adversário” de lata, girando e latindo sem se importar com o fato de que está diante de uma criatura que tem pelo menos o dobro de seu tamanho. 

Além do vídeo mais acima, também foi divulgada uma gravação mostrando um pouco dos movimentos do cachorro, bem como a sua habilidade de identificar terrenos de níveis variados e continuar se locomovendo sem cair ou ter qualquer outro problema. Também é possível ver a máquina andando de forma ritmada e um pouco mais rápido. 

Curiosamente, é possível perceber que a versão do robô vista nos dois vídeos acima é diferente daquela apresentada ao mundo há alguns meses – e não nos referimos apenas ao fato de sua estrutura ter uma cor diferente, mas especialmente ao fato de que, aparentemente, as pernas da máquina passaram por algumas mudanças estruturais (clique aqui e faça as comparações).

Humanóides, cachorros... Na sua opinião, qual seria o próximo tipo de robô a ganhar um protótipo? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: