Dois dos principais smartwatches lançados neste ano acabaram de ser desmontados pelos especialistas do iFixit. Ambos os aparelhos chegaram ao mercado com o sistema operacional Android Wear, que foi criado especialmente para os gadgets vestíveis. E, como você já deve imaginar há algum tempo, é claro que nenhum dos dois possui engrenagens de relógios mecânicos — ao contrário do Kairos.

Eles são equipados com muitos componentes que realmente os fazem se parecer com um pequeno smartphone. Há poucas diferenças entre eles e uma das principais é a presença de uma antena WiFi no Gear Live — mesmo sem suporte para conexões independentes até o momento —, ao contrário do G Watch, que não possui antenas de transmissão além do chip Bluetooth.

Samsung Gear Live (acima) e LG G Watch (abaixo)

Segundo o site iFixit, os dois aparelhos são bem simples de serem reparados em casos de danos. Em uma escala que vai de “zero a dez”, o Gear Live conseguiu alcançar a marca de oito pontos, enquanto o G Watch conseguiu nove. Será que essa facilidade na manutenção pode ajudar os consumidores na hora de escolher um outro dispositivo?

Cupons de desconto TecMundo: