(Fonte da imagem: Divulgação/MetaWatch)

A empresa MetaWatch divulgou ontem no Kickstarter (um site que tem o propósito de criar um financiamento coletivo para apoiar projetos inovadores) o seu mais novo modelo de “relógio inteligente”: o Strata.

Esse gadget funciona como uma extensão para o smartphone do seu dono. Utilizando a tecnologia Bluetooth 4.0, ele é capaz de se conectar ao iPhone 4S (incluindo iOS 5 e 6) ou aparelhos com Android, informando o recebimento de chamadas, mensagens de texto ou emails, mostrando a atual situação do clima, permitindo o controle de volume quando executadas músicas no dispositivo eletrônico e notificando atividades no Facebook e no Twitter.

Todos esses recursos têm o objetivo de proporcionar o que os desenvolvedores do Strata chamam de Hands Freedom, ou seja, manter você conectado mas permitindo que as suas mãos estejam livres para realizar outras atividades. Para alertar quem o utiliza, o relógio emite vibrações e sinais luminosos.

Além de promover essa comodidade, o uso desse gadget pode ajudar a poupar a bateria do smartphone, já que a pessoa não teria que ativar a tela do aparelho (um dos componentes que mais consomem energia) a todo o momento para saber se o som emitido refere-se a um email, SMS ou chamada perdida, por exemplo.

(Fonte da imagem: Divulgação/MetaWatch)

O seu visor é feito de um mineral enrijecido com um revestimento antirreflexo óptico, o que evita a dificuldade de visualização da tela quando exposto diretamente à luz do sol. A estrutura do Strata ainda conta com um anel de aço inoxidável e titânio.

A apresentação das informações no display do relógio é configurável, se adaptando às preferências de quem o utiliza. Mais do que apenas transmitir dados do smartphone, o Strata pode ser integrado a aplicativos instalados no eletrônico – como apps que monitoram atividades físicas, incluindo corridas e pedaladas.

A empresa responsável pelo gadget explicitou que a bateria dele deve ser carregado a cada cinco ou sete dias, dependendo da intensidade de uso. O Strata começará a ser vendido a partir de setembro.

Seus modelos básicos custarão US$ 159 (R$ 321), uma versão com o firware “hackeado” será vendida por US$ 199 (R$ 402) e a edição especial com a assinatura da designer gráfica Susan Kare sairá por US$ 299 (R$ 605). A previsão de entrega dos relógios é para o mês de novembro. É válido salientar que o Kickstarter ainda cobra US$ 20 (R$ 40) para envios internacionais.

Fontes: MetaWatch, Kickstarter

Cupons de desconto TecMundo: