Sistemas avançados de refrigeração à água já são utilizados por algumas pessoas que desejam obter o máximo de performance de seus computadores pessoais. No entanto, nunca foram utilizados em grande escala.

Pois o supercomputador mais poderoso da Europa, o SuperMUC, será o primeiro a adotar um sistema desses. Desenvolvido pela IBM, o sistema de refrigeração líquida que será instalado no campus do Centro de Supercomputação de Leibniz, na Alemanha, será 4 mil vezes mais eficiente que uma alternativas com coolers de ar, além de ser capaz de economizar por volta de US$ 1,25 milhões de dólares com custos operacionais todo ano.

Além disso, toda a água esquentada pelo supercomputador ainda pode ser bombeada de volta em torno do edifício que abriga o SuperMUC para aquecer o seu interior durante os meses inverno – uma solução prática e inteligente para resolver dois problemas de uma só vez.

Fonte: IBM

Cupons de desconto TecMundo: