Facebook apaga página de extrema direita após meses evitando isso

1 min de leitura
Imagem de: Facebook apaga página de extrema direita após meses evitando isso
Avatar do autor

O Facebook ainda tem um problema complicado, que é a presença de páginas e conteúdos que pregam o ódio ou a disseminação de mentiras na rede social. Mesmo após a denúncia contra essas páginas, o site demora demais para agir, tornando a rede uma "terra de ninguém". Isso foi apontado pelo jornal The Guardian, o que fez com que o Facebook finalmente agisse e removesse duas das maiores páginas de extrema direita dos Estados Unidos.

O Facebook deu início nos primeiros meses de 2019 a uma campanha para a remoção, de suas redes, de páginas e perfis que promovessem a disseminação de mentiras e conteúdo de ódio. Páginas de extrema direita nacionalista dos Estados Unidos foram apontadas e denunciadas, com a empresa afirmando que tomaria ações contra elas.

(Fonte: Reuters/Reprodução)

Meses se passaram e nada aconteceu. Essa situação acabou gerando uma nova reportagem do The Guardian, tratando da resistência do Facebook em tomar alguma atitude, mesmo meses após ter afirmado que apagaria páginas nacionalistas dos Estados Unidos.

Isso finalmente aconteceu, e as páginas Red Ice TV e Affirmative Right — algumas com maior visibilidade na internet — foram removidas do site. Em um comunicado para o The Guardian, o Facebook afirmou que a companhia determinou que ambos os grupos e páginas violavam sua política contra "ódio organizado".

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Facebook apaga página de extrema direita após meses evitando isso