A internet às vezes tem um aspecto de terra sem lei, apesar de as leis do “mundo real” também se aplicarem a ela — inclusive as leis do bom senso e da ética. Contudo, em tempos de pessoas querendo emplacar hits na web em busca de um tsunami de likes e compartilhamentos, é comum ver perfis especializados em copiar postagens de outros menos famosos para ganhar os louros da fama — prática conhecida por aqui como “kibar”.

Pois bem, eis que o Twitter começou a agir para coibir esse tipo de ação e, de uma vez só, suspendeu uma porção de perfis gringos conhecidos justamente por kibar conteúdo dos outros na rede. E nesse balaio de contas suspensas estão algumas com centenas de milhares de seguidores, algumas até com alguns milhões.

TwitterAlgumas contas suspensas tinha mais de 2 milhões de seguidores.

Além de serem famosos por suposto plágio de conteúdo, tais perfis são conhecidos também como “tweetdeckers”. Isso porque eles se reúnem em grupos do TweetDeck para trocar retweets e até mesmo pagar alguns usuários para que deem RT em suas postagens a fim de torná-las virais.

O Twitter não confirmou que as contas foram suspensas por essa razão e ninguém na empresa aceitou falar sobre as suspensões de forma individual. O BuzzFeed News, porém, acredita que as práticas pouco éticas de tais contas tenham levado à suspensão, afinal a política de spam da rede social proíbe de forma expressa “compras, vendas e tentativas de inflar artificialmente as interações entre contas”.

Não há relatos de que qualquer conta brasileira famosa tenha sido suspensa por esse motivo, mas já pensou se a moda pega por aqui também? Fato é que o Twitter parece estar levando a sério as suas novas políticas de uso e a intenção de tornar a rede um ambiente o mais livre possível de práticas abusivas e antiéticas.

Cupons de desconto TecMundo: