Tem se tornado comum ver várias pessoas recorrendo a assistentes pessoais como Cortana e Siri em seus smartphones. Porém, se algumas informações divulgadas no site Reddit por uma usuária conhecida como FallenMyst forem reais, é bom tomar cuidado: há pessoas que trabalham verificando a precisão de comandos de voz que as pessoas dão aos aparelhos, uma outra forma de dizer que elas estão ouvindo as conversas. 

“Comecei em um novo emprego hoje na Walk N’Talk Technologies. Eu devo ouvir as pessoas falando e avaliar a forma como o texto combina com aquilo que é dito, sugerindo melhorias quando necessário. [...] Estou dizendo, se você já disse algo para o seu telefone, isso foi gravado, e há uma boa possibilidade de alguém ouvi-lo. Ouvi de tudo, desde crianças perguntando coisas inocentes como ‘Siri, você gosta de mim?’ até um homem pedindo ao Galaxy para lamber seu ânus. Eu gostaria de estar brincando”, escreveu FallenMyst. 

Vale lembrar que, quando alguém usa um software de reconhecimento de voz, todos os comandos são registrados e mantidos pelo fabricante. Entretanto, um porta-voz da Apple afirmou que a empresa exclui informações pessoais antes de armazenar tais dados para análise, mas nem sempre essa é uma prática conhecida pelos clientes. 

“Só porque uma mensagem não começa com ‘meu nome é’ ou ‘minha senha é’ não significa que não há informações sensíveis nela”, comentou Christopher Soghoian, diretor de tecnologia da ONG American Civil Liberties Union, que trabalha na defesa de liberdades individuais das pessoas, ao site Motherboard.

Cupons de desconto TecMundo: