Imagem de: Desenvolvedores devem sanar questão de enjoo e realidade virtual, diz Valve
Fonte: Save Game

Desenvolvedores devem sanar questão de enjoo e realidade virtual, diz Valve

1 min de leitura
Avatar do autor

As pessoas que já tiveram a oportunidade de testar algum modelo de óculos de realidade virtual possuem opiniões diferentes sobre o assunto. Para alguns, a experiência foi muito boa, enquanto outros não podem dizer o mesmo por conta de enjoos e outros problemas durante o teste. E, de acordo com Chet Faliszek, da Valve, o último caso não é uma escolha.

De acordo com Faliszek, o futuro da realidade virtual depende de encontrar uma solução para esse problema, uma vez que lidar com os sintomas de náusea é uma preocupação de vários desenvolvedores – e algo que, para ele, pode ser resolvido se os responsáveis pela tecnologia pensarem fora da caixa.

“Dizer às pessoas que tudo estará bem ‘assim que você conseguir se adaptar à realidade virtual’ é uma ideia totalmente errada. Se as pessoas precisam se acostumar com ela então há uma falha. [A tecnologia] precisa funcionar a 90 quadros por segundo. Qualquer coisa abaixo disso e a pessoal vai se sentir mal”, explicou o funcionário da Valve.

Ele aproveitou a ocasião para dizer que os desenvolvedores precisam fazer experiências para lidar com essa situação, e que, no momento, a competição deve ser deixada de lado. “Quando se trata de realidade virtual, ninguém sabe nada. Devemos ajudar uns aos outros”, concluiu.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Desenvolvedores devem sanar questão de enjoo e realidade virtual, diz Valve