A CES 2015 foi invadida por inúmeros modelos de óculos de realidade virtual e a Razer é uma das empresas que entrou no negócio.

Nós testamos o OSVR no estande da empresa e o resultado foi bem positivo. O óculus é bem leve e possui botões para o ajuste da posição das lentes, algo que faz falta no Oculus Rift.

Um diferencial desse modelo que testamos é que ele possuía um Leap Motion colado na frente, fazendo com que ele pudesse reconhecer os movimentos das mãos. Não sabemos se esse recurso será integrado na versão final do produto, mas certamente é um ótimo diferencial.

Hadouken!

O jogo de teste era uma espécie de jogo de tiro em que cada uma das mãos possuía uma magia diferente: gelo na esquerda e fogo na direita. Bastava erguer as mãos para acumular poder e atacar os monstros que voavam pra cima do jogador.

O Leap Motion permite uma captação razoável de dos os dedos de ambas as mãos, e isso possibilitou uma interação bem interessante com o mundo virtual.

Apesar de simples, soltar magia com as próprias mãos, mesmo que em um mundo virtual, é algo que muitos de nós sonhamos desde criança.

O produto da Razer chega ao mercado em 2015 por 200 dólares e tem como um dos principais atrativos ser uma plataforma aberta, ou seja, qualquer um poderá criar conteúdo para ele.

Cupons de desconto TecMundo: