Conforme noticiamos hoje mesmo, o Oculus Rift está cada vez mais próximo de chegar aos consumidores finais. O principal obstáculo enfrentado pela Oculus VR na hora de desenvolver um produto que possa ser usado por qualquer pessoa – e não apenas por programadores – é criar um dispositivo de entrada que seja mais amigável do que teclados, mouses e gamepads disponíveis no mercado.

Ainda que não tenha qualquer ligação direta com a Oculus VR, uma startup californiana batizada como Nimble VR parece ter encontrado uma solução genial para resolver esse problema. A companhia acaba de lançar uma campanha de financiamento no Kickstarter para fabricar o Nimble Sense, uma espécie de “add-on” para o Oculus Rift capaz de colocar as mãos do jogador dentro do universo de realidade virtual criado pelos óculos. Como imagens valem mais do que mil palavras, veja o vídeo abaixo para entender melhor o que estamos falando.

O aparelho funciona de uma maneira bem simples: ele é composto de nada mais do que uma câmera e um laser infravermelho para rastrear os movimentos do usuário e coloca-los dentro do jogo – algo parecido com o Kinect, da Microsoft, só que bem mais compacto e com um software compatível com diversas plataformas (Windows, Mac OS, Linux, Unreal e Unity). Com o Oculus Rift lançado até lá ou não, o Nimble Sense será lançado em junho de 2015.

A campanha de financiamento pedia US$ 65,2 mil, mas no momento em que esta matéria foi escrita, 539 contribuintes haviam doado um total de US$ 66,4 mil para a Nimble VR. Para reservar uma unidade do produto, é necessário desembolsar pelo menos US$ 99 (o frete é gratuito para o mundo inteiro), mas existem outras cotas que lhe dão direito a suportes adicionais do aparelho (como um para mesas).

Cupons de desconto TecMundo: