Ciente da explosão iminente da realidade virtual entre um maior número de consumidores, a Google já está preparando uma nova versão do Chrome adaptada a esse meio. A versão mais recente do Beta do navegador para desenvolvedores inclui suporte para o padrão WebVR e faz referências a uma “VR Shell” que poderia ser usada para permitir a navegação por qualquer site usando a tecnologia.

A WebVR se trata de uma API em JavaScript que facilita a criação de sites prontos para a realidade. No caso do Chrome, a Google deve decidir explorar primeiramente o mercado mobile para depois expandir o recurso para os desktops — algo que faz sentido, levando em consideração iniciativas como o Cardboard e o Gear VR da Samsung.

Demonstração do Chrome rodando no HTC Vive

Vale notar que a “VR Shell” não é totalmente funcional no momento atual, e isso só deve acontecer quando a empresa estrear sua plataforma Daydream. Anunciada em maio deste ano, ela vai ser a sucessora do Cardboard e mistura softwares a otimizações de hardware para criar uma experiência de realidade virtual mais avançada.

O lançamento da Daydrem deve vir acompanhada por um novo ecossistema de aplicativos que podem ser acessados a partir de um ambiente virtual — tal qual a Oculus faz atualmente. O sistema dependerá tanto de você ter um smartphone compatível quanto de possuir um controle que funcione nesse novo universo.

Cupons de desconto TecMundo: