A realidade virtual nunca esteve tão próxima de ser incorporada ao nosso dia a dia. Na Suíça, o designer Jan Torpus fez um curioso experimento em um parque da cidade. Seu projeto, chamado lifeClipper 3, parece um traje vindo do espaço: consiste em um capacete com câmeras e fones de ouvido acoplados nele, além de um software rodando em um poderoso computador dentro de uma mochila.

O programa analisa o ambiente ao redor da pessoa e combina todas as informações que a câmera e os microfones conseguem captar para, através disso, adicionar elementos fantásticos ao que pode ser percebido naquele momento. Um jornalista que testou o equipamento viu o parque se tornar um grande deserto com peixes gigantes voadores.

Criando um mundo completamente alternativo

Nessa nova visão de mundo, tudo pode ser alterado. Clima, tempo, objetos, pessoas e até mesmo as leis da física vão literalmente para o espaço. Como o mundo real é dinâmico, essa mistura entre real e virtual proporciona uma experiência sempre única.

(Fonte da imagem: AFP)

Esse “jogo” com as sensações é o resultado de um projeto iniciado em 2003, que levou diversos artistas e cientistas a buscar novas formas de desafiar a mente em busca de sensações. Tudo isso para conseguir criar aplicativos inovadores para celulares e afins.

No filme Matrix, o personagem Morpheus diz: “O que é o mundo real? Um apanhado de sensações e sinais elétricos captados pelo seu corpo e interpretados pelo seu cérebro”. Talvez estejamos a cada dia mais próximos da realidade do filme futurista.

Cupons de desconto TecMundo: