A onda dos dispositivos vestíveis está vindo com tudo e a Razer certamente não vai ficar de fora. A empresa acaba de anunciar dois programas especiais voltados para o aprimoramento de sua futura pulseira inteligente, a Nabu, sendo um deles especialmente para desenvolvedores e outro aberto para o público geral.

Anunciada em janeiro, durante a última edição do Consumer Electronics Show (CES), a Razer Nabu é uma smartband compatível com Android e iOS que combina a capacidade dos smartwatchs de emitir notificações com os sensores avançados das pulseiras voltadas para exercícios físicos. Nomeado Best of CES por votação popular, o dispositivo vem com um motor de vibração cilíndrica, acelerômetro, altímetro e é resistente à chuva e a respingos de água.

Durante a presente edição da E3, a fabricante está apresentando a versão beta do aparelho, com um design reformulado. O gadget apresenta uma tela OLED, localizada na parte de baixo do pulso, que é programada para se ativar somente quando os usuários a virarem para cima, o que ajuda na economia de bateria e permite maior privacidade na utilização. O emparelhamento com smartphones se dá por meio de Bluetooth de baixa energia.

Caminho para o futuro

Fechado apenas para produtores de software, o Programa de Desenvolvimento Nabu oferece a versão beta do aparelho e um kit de desenvolvimento de software (SDK, na sigla em inglês) para a criação de programas. O SDK é gratuito e aberto para uso a partir do portal da empresa, mas só funciona juntamente à smartband da Razer.

Candidatos interessados em adquirir a edição para desenvolvedores e produzir software para a pulseira inteligente devem se inscrever no site (clique aqui). Após a aprovação de seu cadastro, eles poderão adquirir o dispositivo por US$ 50 (aproximadamente R$ 112). Até o momento, o Programa de Desenvolvimento Nabu já possui mais de 30 mil candidatos.

Já o Programa Beta Nabu permite que o público geral participe do processo de aprimoramento da smartband por meio de comentários a respeito do software e do hardware feitos à equipe de engenharia da Razer. Os fãs interessados podem se inscrever por meio deste site e, a partir do dia 10 de julho, poderão comprar a edição de testes do gadget por US$ 100 (em torno de R$ 223). Tanto a versão para desenvolvedores quanto a Beta terão quantidades limitadas.

A todo vapor

Segundo o cofundador, CEO e direto criativo da Razer Min-Liang Tan, uma grande quantidade de unidades da Nabu Alpha foi disponibilizada para testadores nos últimos meses. Isso permitiu que a empresa recolhesse muitos comentários e concluísse o design da versão Beta incorporando essas sugestões.

“Nós gostaríamos de abrir o programa Beta para o público em geral para angariarmos mais comentários para o modelo final do produto, que sairá ainda esse ano. Enquanto isso, já temos desenvolvedores trabalhando duro em aplicativos integrados à Nabu. Estamos animados para ver as coisas legais que eles estão preparando”, acrescentou.

Cupons de desconto TecMundo: