A fundação Raspberry Pi anunciou na última sexta-feira (26) sua fusão com a CoderDojo, organização criada para incentivar jovens a aprender como programar. A união das duas entidades deve resultar na maior organização do mundo dedicada a tornar o universo da programação mais acessível.

Enquanto a Raspberry se tornou famosa por criar hardwares com preço acessível e tamanhos menores do que um cartão de crédito, a CoderDojo tem 1.250 membros espalhados por 69 países. Com base em Dublin, a entidade afirma já ter ajudado mais de 35 mil jovens com idades entre 7 e 17 a aprender como programar.

Vale notar que a Raspberry já oferecia um programa semelhante através de seu Code Club, graças a uma fusão anterior realizada em 2015. A união entre as empresas faz sentido diante das alegações recentes do CEO Eben Upton, que afirmou que a organização passaria a focar mais em softwares e na realização de trabalhos de caridade.

“A Raspberry Pi vai trabalhar de forma próxima ao CoderDojo para avançar nossos objetivos compartilhados, unindo nossos esforços e conhecimentos para atrair mais voluntários adultos e pessoas jovens ao nosso movimento”, afirmou a fundação em um pronunciamento oficial. “Nossa escala combinada vai nos permitir investir mais em infraestrutura e sistemas que apoiem nosso trabalho, oferecendo mais produtos e serviços para nossas comunidades”.

Cupons de desconto TecMundo: