(Fonte da imagem: Reprodução/IFL Science)

A tabela periódica acaba de ganhar um novo personagem. Estamos falando do elemento de número 117, que será chamado de Ununséptio pela comunidade científica. Ele havia sido descoberto no ano de 2010 pelo Instituto Conjunto de Pesquisa Nuclear — o JINR, que é formado por cientistas da Rússia e dos Estados Unidos. Mas somente agora ele foi confirmado por outro grupo.

A União de Química Pura e Aplicada (IUPAC) exige que grupos independentes confirmem a existência de um elemento químico antes de aprovar a integração dele à tabela periódica divulgada internacionalmente. E quem realizou a confirmação foi um grupo de cientistas do Centro GSI Hemholtz, que fica na Alemanha. A comprovação do Ununséptio levou quatro anos para sair.

Segundo o site IFL Science, a comprovação aconteceu depois que os cientistas do GSI conseguiram bombardear Berquélio radioativo com Cálcio. Com essa nova informação, os cientistas agora possuem caminho aberto para pesquisar a existência de outros elementos que podem ser criados em laboratórios. Será que é possível montar elementos 118, 119 e outros?

Cupons de desconto TecMundo: