A Qualcomm continua deixando os fãs ansiosos para o lançamento do próximo chipset mobile da companhia, o Snapdragon 820. Desta vez, ela publicou em seu site oficial mais informações a respeito da tecnologia responsável pelo futuro produto.

A ideia da Qualcomm é garantir mais potência aos dispositivos móveis, ao mesmo tempo em que garante um gerenciamento aprimorado de bateria. Segundo a empresa, o modelo terá o dobro do desempenho do Snapdragon 810, assim como duas vezes mais eficiência no gerenciamento de energia.

O Snapdragon 820 tem como destaque a presença de cores personalizados e otimizados para combinar o uso de diferentes funções de todo o SoC, como a CPU, a GPU e os processadores de sinal. Dessa forma, o sistema em si trabalha em conjunto para aumentar a eficiência de todo o componente, dependendo do que está em uso no aparelho. Anteriormente, o mesmo núcleo era utilizado para diferentes tarefas.

A evolução dos processadores da Qualcomm.

A CPU quad-core de 64 bits Kryo é a grande aposta da Qualcomm para ajudar nessa função, com capacidade para até 2,2 GHz. Junto com a GPU Adreno 530 e o DSP Hexagon 680, a ideia é superar de longe o antecessor, a tecnologia conhecida como Krait. O método de fabricação é o FinFET de 14 nm.

Primeiro benchmark?

Para completar as boas notícias, um dispositivo com codinome Green Orange X1 Pro foi detectado no aplicativo AnTuTu rodando o Snapdragon 820. A pontuação foi de 83.774, um número bastante considerável.

Possivelmente um protótipo de teste, o dispositivo tem 4 GB de RAM, câmera de 16 MP e resolução de tela 1080x1920 pixels. Os primeiros aparelhos com o Snapdragon 820 devem ser lançados no início de 2016.

Cupons de desconto TecMundo: