A Qualcomm confirmou que os primeiros dispositivos rodando a partir do processador mobile Snapdragon 820 devem chegar ao mercado na primeira metade de 2016.

A informação partiu de um comunicado da empresa em que ela explica as novas tecnologias de processamento gráfico e processamento de sinal de imagem (ISP) — dois componentes que, juntos, aumentam eficiência e desempenho dos chips.

As GPUs que estream a nova arquitetura gráfica são os modelos Adreno 530 e Adreno 510. Entre as melhorias, eles terão suporte a gráficos mobile de alta definição e co-processamento para reduzir o consumo de energia.

O objetivo é reduzir em 40% o consumo e deixar o desempenho 40% mais rápido. Gráficos suportados incluiriam até a transmissão de vídeos em 4K em 60 fps via HDMI 2.0 para TVs e monitores com resolução UHD.

Já o ISP batizado de Qualcomm Spectra garante fotografia superior à qualidade DSLR e visão computacional aprimorada. Realidade virtual e gráficos fotorrealistas são algumas das tecnologias beneficiadas por essa nova plataforma.

Vale lembrar que, além de todas essas melhorias, a Qualcomm ainda precisa acabar com a imagem negativa do Snapdragon 810. Apesar de ser o modelo de vários dos aparelhos top de linha atuais do mercado, o componente é acusado de superaquecer e, por isso, perder em desempenho.

Cupons de desconto TecMundo: