Quando o assunto são chipsets de smartphones, um nome praticamente domina as discussões entre os entendidos. A Qualcomm, fabricante responsável pela linha de chips Snapdragon, praticamente toma conta desse segmento, marcando presença nos principais tops de linha do mercado.

Diante desse inquestionável sucesso, é normal a indústria começar a ansiar pela chegada de um novo chipset assim que o antecessor começar a apresentar "certa idade". Isso acaba criando uma grande quantidade de modelos e variantes, resultando em uma baita confusão para quem não costuma acompanhar esse mercado.

No infográfico acima, trouxemos os principais modelos do chipset Snapdragon com suas características-chaves. Esse tipo de conhecimento é muito interessante para os consumidores que estão buscando um novo smartphone e ficam se perguntando qual é a importância de conhecer bem o processador. Muitas vezes, a variante do chipset pode ser determinante para o bom desempenho de um dispositivo.

Série 800

A série mais potente da Qualcomm se destaca por conta do desempenho e performance energética que oferece. Os chipsets Snapdragon 800 multi-core não apenas expandem as possibilidades de conexão, mas também dão às fabricantes o poder de trazer os avanços necessários para o universo mobile.

Série 800

Série 600

A série Snapdragon 600 é voltada para o mercado intermediário e top de linha e se foca em desempenho, eficiência e versatilidade. Nesta categoria estão os dispositivos que vão oferecer aos consumidores a maior variedade de opções, com destaque para a grande quantidade de modelos que se apoiam no uso de suas tecnologias.

Série 600

Série 400

Com foco no grande público, a série Snapdragon 400 foi desenvolvida para ter suporte às mais populares tecnologias: conexão com a internet, câmera de qualidade, displays de alta resolução e áudio de alta fidelidade. Os modelos equipados com esses chipsets são os ideais para ajudar na transição entre um celular para um smartphone.

Série 400

Série 200

A série mais básica da Qualcomm foi desenvolvida para oferecer o máximo de desempenho pelo preço mais acessível possível. Os modelos da linha Snapdragon 200 entregam a melhor experiência e estão presentes nos aparelhos mais populares de todas as marcas. Os chipsets foram desenvolvidos para oferecer uma navegação fluida e a troca rápida de aplicativos.

Série 200

Litografia

No infográfico acima, uma das colunas faz referência ao processo de fabricação do chipset. Essa informação diz respeito ao método de litografia pelo qual o chip foi criado, o que determina diretamente a sua qualidade e as tecnologias integradas. Em nossa tabela, é importante destacar que nem sempre o processador mais novo, o com mais núcleos ou o mais rápido será o melhor.

Chipsets criados de acordo com determinado processo de fabricação podem ser considerados melhores do que um com maior velocidade ou quantidade de núcleos. Esse é o caso do Snapdragon 625, que, embora possua um clock inferior a outros modelos, é superior, pois é um dos primeiros a ser fabricado de acordo com o processo de 14 nm.

O Snapdragon 820 é outro chipset que traz essa mesma inovação para a categoria de dispositivos top de linha. Graças a isso, os smartphones e outros dispositivos móveis podem avançar mais uma vez e trazer ainda mais recursos para os usuários. Portanto, não se engane: nem sempre mais indica que algo seja melhor.

825, 828 e 830?

Os mais novos e poderosos chipsets da Qualcomm já começam a aparecer em rumores da indústria e devem ser oficialmente apresentados no quarto trimestre de 2016. Esses modelos de processadores terão a arquitetura Kryo de 10 nm fabricado pela Samsung, contando com uma GPU Adreno 519 ou Adreno 540.

Esses com certeza serão os modelos que ditarão as tendências no mercado de dispositivos móveis e estarão presentes nos smartphones top de linha de 2017. Tendo em mente as inovações recentes, esses chipsets trarão como destaque o suporte a tecnologias novas, como a realidade virtual e vídeos em 360 graus. 

Cupons de desconto TecMundo: