Pesquisadores da NIMBUS Lab desenvolveram um quadricóptero que utiliza o processo de ressonância magnética para transferir energia elétrica entre bobinas que não estejam ligadas diretamente. Uma delas fica instalada no objeto voador e outra pode ser colocada em qualquer lugar que necessite de energia.

Segundo informação do laboratório de desenvolvimento, o protótipo é capaz de transferir até 10 watts a uma distância que não ultrapasse 25 centímetros — suficiente para alimentar alguns LEDs ou carregar pequenas baterias. Como relatado pelo The Verge, a ideia do projeto é criar uma versão final que possa dar utilidade aos quadricópteros.

Fonte: The Verge, NIMBUS Lab

Cupons de desconto TecMundo: