As propagandas eletrônicas já estão em circulação há um tempo, com a intenção de substituir as tradicionais, mas, algumas diferenças à parte, não houve mudanças muito significativas deste meio publicitário. Com essas informações em mente, a empresa americana Pecabu teve a ideia de alterar radicalmente o funcionamento de outdoors.

“Propagandas digitais nas ruas são, em sua maioria, bem estúpidas. Não há feedbacks, mensurações, público-alvo ou resultados. A publicidade online está matando o mercado de propagandas externas”, diz Rob Smith, o CEO da empresa. Smith se refere à capacidade de mostrar os produtos certos para as pessoas em anúncios online, baseando-se em sua navegação na internet.

A grande sacada está em espelhar o funcionamento da tecnologia do mundo virtual ao real. Pensando nisso, o time da Pecabu desenvolveu três novas tecnologias, chamadas de CineGraph, Debo e Peca.

Novas tecnologias e novas estratégias

Basicamente, a empresa quer implementar propagandas em telas que consigam “enxergar” os arredores de sua instalação, integradas a um sistema inteligente que saiba direcionar as mensagens adequadas para as pessoas certas.

O carro-chefe da empresa é o CineGraph, que consiste em uma tela comum que exibe propagandas. O diferencial deste produto é sua câmera integrada, que tira fotos a cada cinco segundos para saber quantas pessoas estão perto do anúncio, se há mais pedestres que motoristas etc., para exibir o anúncio mais adequado ao momento.

Junto aos monitores está o Debo, um sistema de inteligência artificial que vasculha redes sociais, tráfego, crimes e dados meteorológicos por todo o território canadense e americano em tempo real, tudo para otimizar o impacto dos anúncios.

E, por último, temos o aplicativo Peca. Para ter um feedback dos potenciais consumidores, a Pecabu o desenvolveu para que as pessoas compartilhem sua localização e realizem enquetes dentro do próprio app, com o objetivo de aprimorar a exatidão dos anúncios. Mas por que uma pessoa gastaria seu tempo respondendo perguntas que beneficiam somente a empresa?

Seja pago para ajudar

Para ter a contribuição de usuários, a empresa pensou em uma estratégia de recompensas para consumidores que participarem com o aplicativo. Qualquer usuário pode ganhar até 50 dólares – cerca de 135 reais – em dinheiro ou vales-presente por ano. Para participar, é necessário responder às pesquisas e ter um smartphone moderno, com bluetooth 4.0 e giroscópio, mantendo o WiFi e GPS sempre ligados. Quanto menos desses estiverem ativos, menos o usuário ganhará.

Para facilitar ainda mais, até mesmo o modelo de pagamento é similar ao da publicidade online. Como o CineGraph conta com uma câmera, ele capta todas as visualizações do anúncio e cobra algo em torno de 10 dólares a cada mil visualizações.

Tudo isso integrado ao aplicativo trará algo inédito à publicidade externa: números de conversão em vendas. Com base no horário e sua localização de GPS, o app saberá se você viu um determinado anúncio na rua. Se você comprar este produto e relatar posteriormente nas pesquisas, isso será convertido em dados concretos, mensurando o impacto dos outdoors.

Atualmente o Debo está em Beta, e os demais produtos serão lançados no primeiro trimestre de 2015. E aí, será que a ideia pegaria por aqui?

Cupons de desconto TecMundo: