A Sony anunciou o resultado financeiro para o ano fiscal de 2014/2015, período que compreende de 1º de abril do ano passado até 31 de março último. Nesse tempo, a companhia vendeu 14,8 milhões de unidades do PlayStation 4. Com isso, o total acumulado chega a 22,3 milhões de consoles, construído em 17 meses de vida.

Enquanto o atual video game da Sony cresce nas vendas, o antecessor está saindo de cena: no ano fiscal de 2013/1014 foram vendidas 7,1 milhões de unidades do PlayStation 3, quantidade que caiu para 3,1 milhões no ano fiscal que acabou de fechar.

A divisão de jogos e serviços de rede, em que estão inseridos os negócios de video game da Sony, divulgou arrecadação bruta de 1,39 trilhão de ienes (R$ 34,5 bilhões), um crescimento de 33% em relação ao ano fiscal de 2013/2014. A companhia credita o aumento das vendas do PlayStation 4 e de seus jogos, além da arrecadação da PSN e do impacto do câmbio, para o bom desempenho financeiro do último ano fiscal.

Com isso, a divisão voltou ao azul: se em 2013/2014 havia tido um prejuízo de 18,8 bilhões de ienes (R$ 467 milhões), ficou com um saldo positivo de 48,1 bilhões de ienes (R$ 1,2 bilhão) de lucro operacional no ano fiscal que acabou de ser encerrado. Tiveram impacto positivo no resultado o aumento das vendas e o fato de a Sony ter se livrado dos jogos para PC (da Sony Online Entertainment), que davam prejuízo.

Para o presente ano fiscal, que se encerra em 31 de março de 2016, a meta da companhia é vender 16 milhões de consoles de PlayStation 4.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: