Antes de mais nada, faça o seguinte exercício comigo: acalme-se. Respire fundo. Conte até 10 de forma lenta e progressiva sem perder o ritmo. Feche os olhos. Abra novamente. O que você vê? Esta notícia: o PS4 pode ter um corte de 50% no valor a ser praticado no varejo brasileiro.

Fontes próximas ao BJ afirmaram que o console da Sony pode custar R$ 1.999 num futuro não tão longínquo. A ideia da empresa, como todos sabemos, é estabelecer uma base forte no Brasil e competir com o Xbox One em pé de igualdade no quesito preço.

Outro argumento que sustenta o rumor – pois vale ressaltar que nada disso é oficial – é que os estoques do PS4 podem ser muito escassos: cerca de apenas 2.500 aparelhos chegariam ao país no lançamento, número ínfimo se pensarmos em escala Brasil.

Quem acompanha o mercado internacional sabe que o PS4 está esgotado há meses (ainda em pré-venda) e que a previsão de reposição de estoque é no final deste ano ou começo do próximo. Portanto, as poucas unidades que podem vir ao Brasil vão praticar o valor de R$ 3.999.

(Fonte da imagem: Reprodução/Dublinparabrasileiros)

Depois que a poeira de lançamento diminuir e o console passar a ocupar as prateleiras regularmente, a Sony, como ela própria anunciou, pretende montar uma base forte no Brasil com fábrica e tudo. Com isso, a companhia teria mais subsídios e facilidade na montagem de peças em solo brasileiro, o que levaria a uma redução de 50% no valor de R$ 3.999.

Estamos falando, portanto, em R$ 1.999. Anderson Gracias, gerente-geral da marca PlayStation para o Brasil, já disse ao site Folha de São Paulo que esse seria “um valor coerente”, outro argumento que dá força ao rumor.

Convém lembrar que a intenção não é gerar brigas entre fãs das marcas ou acirrar discussões. Estamos apenas repassando uma informação que deve ser tratada em caráter de rumor, mas que, num futuro não tão distante e com todos esses fatores embasados, pode vir a ser verdadeira.

E R$ 1.999 é um valor bem redondinho, hein, Sony?

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: