Um dos maiores lançamentos do ano está chegando. Uncharted 4: A Thief’s End não só quer ser um testamento do poder de fogo que o PS4 tem como também almeja amadurecer a franquia da Naughty Dog, nascida em 2007 no PlayStation 3, e elevá-la a outro patamar. A nova aventura de Nathan Drake será maior, mais bonita e mais densa. Os quase 20 minutos acima, que mostram um material quentinho do game, são suficientes para atestar isso.

A demo foi recentemente testada por um seleto grupo em Los Angeles, nos EUA, e apresenta uma qualidade que já deve refletir aquilo que veremos na versão final, uma vez que estamos a apenas um mês do lançamento oficial. Os jogadores tiveram acesso à fase Madagascar, que já mostra uma tremenda evolução em comparação aos games anteriores: cenários muitíssimo maiores e menos lineares.

Quase um mundo aberto

Chamado por alguns de “semimundo aberto”, o local é a melhor vitrine para apresentar o próximo passo que a Naughty Dog quer alcançar com a franquia, que sempre trouxe um tiroteio “em corredores” e com pouco espaço para uma exploração mais profunda.

Os cenários de Uncharted 4 estão muito maiores e menos lineares

Neil Druckmann, um dos principais nomes dos bastidores da série (como escritor e diretor), já disse, em mais de uma ocasião, que a equipe usou e abusou da arquitetura do PS4 para oferecer uma experiência densa, bonita e rica em narrativa. Aliás, Uncharted 4 é, sob todas as promessas, o game mais denso da franquia até aqui.

As novas mecânicas estão interessantes. Além do uso do veículo, que respeita as leis da física e parece ter dirigibilidade impecável, a corda é outra ferramenta que Nathan precisará utilizar para encontrar objetos necessários na exploração – sejam eles artefatos ou itens exigidos para a resolução de algum enigma.

A abordagem stealth também funciona com eficiência. Repare que os arbustos exercem um papel de suma importância aqui – e você pode até se lembrar de Metal Gear 5: The Phantom Pain sem nenhum peso na consciência. Como os cenários são colossais em Uncharted 4, há espaço para pensar em mais de uma estratégia ao flanquear inimigos, e não simplesmente se limitar a um tipo de abordagem – uma consequência da linearidade dos títulos anteriores.

Os cenários maiores permitem um melhor estudo da abordagem aos inimigos

Nathan pula, rola, saca armas na velocidade da luz, desvia de uma saraivada de balas e, no meio disso tudo, encontra tempo para escalar a lateral de uma torre de barro e surpreender os inimigos. São bons tempos para o herói estar mais em forma do que nunca – e uma oportunidade imperdível para os fãs.

Uncharted 4: A Thief’s End será lançado no dia 10 de maio deste ano exclusivamente para PlayStation 4.

Sua expectativa para Uncharted 4 é grande ou imensa? Comente no Fórum do TecMundo.

Cupons de desconto TecMundo: