No início da tarde de hoje aconteceu em Colônia, na Alemanha, a conferência da Sony na gamescom 2011. O evento é a principal feira de games da Europa e chegou cercado de expectativas para os fãs da marca. Na palestra, duas grandes novidades eram esperadas: o anúncio de uma data de lançamento para o PlayStation Vita e as tão especuladas reduções nos preços do PlayStation 3.

Apesar da primeira previsão não ter se tornado verdadeira, a segunda se transformou em realidade. Em um corte válido para Europa, EUA e Japão, a Sony reduziu em 25% o preço das versões do PlayStation 3 com HDs de 160 GB e 320 GB. O primeiro sai agora por US$ 299, aproximadamente R$ 475, enquanto o segundo passará a ser vendido por US$ 249, cerca de R4 395.

Por enquanto, não há informações sobre a redução nos preços da versão oficial brasileira do console. Mas, como a queda nos valores vale para todo o mundo de uma só vez, dá para pensar que ela, em algum momento, chegará também às lojas do nosso país.

Realidade transformada em jogos

Apesar de não ter data de lançamento anunciada, o PlayStation Vita foi o grande foco da conferência. Com o portátil, a Sony pretende quebrar a barreira entre jogos e realidade, e incluir ainda mais os games no cotidiano do usuário. Por meio da conexão 3G do aparelho, os games e o console passarão a estar conectados 24 horas por dia, onde quer que o dono do console esteja.

Para começar, a Sony anunciou que o portátil terá versões próprias de aplicativos para acesso ao Twitter, Facebook e Foursquare, além de recursos exclusivos para compartilhamento de conteúdo com essas redes.

Img_normal

A realidade aumentada foi destaque no keynote. Em LittleBigPlanet, por exemplo, será possível fotografar objetos do ambiente e utilizá-los como elementos para a criação de fases. Isso faz com que o game tenha possibilidades praticamente infinitas de personalização e dá ainda mais poder dos jogadores.

Escape Land, com um estilo gráfico que lembra muito o sucesso Limbo e visual cartunesco, também pretende trazer algo de novo ao mundo dos jogos portáteis. Focado em quebra-cabeças e com ampla utilização dos recursos do PlayStation Vita, o game abusa da exploração de cenários e mostra as diversas maneiras com as quais se é possível matar um personagem.

As funções principais do portátil, como tela de toque e acelerômetro, serão muito bem utilizadas em uma série de títulos a serem lançados para o aparelho. Em Resistance: Burning Skies, anunciado na conferência, o display é utilizado para controlar lançamentos de granadas e o sistema de cobertura. Assassin’s Creed e FIFA 13 também foram anunciados para o console e ambos farão uso dessas características.

O PSP também está mais barato


Surpreendendo a todos os presentes, a Sony anunciou ainda um novo modelo de PSP. A ser lançado juntamente com uma série de clássicos do aparelho, que serão vendidos por preços módicos, o novo portátil não conta com conexão Wi-Fi e tem valor sugerido de € 99, cerca de R$ 225. “É o console mais acessível do mercado”, afirmou Jim Ryan, presidente do braço europeu da Sony Computer Entertainment Europe.

PlayStation Move e novos jogos para o PS3

Img_normal

O PlayStation 3 foi o responsável por fechar a conferência. A primeira grande novidade veio pelas mãos da Electronic Arts, que anunciou o suporte ao PlayStation Move em FIFA 13, a ser lançado no ano que vem. Ainda na linha dos esportes, a Sony anunciou Move Fitness, game que reúne uma série de atividades esportivas, e DanceStar Party, dos mesmos criadores da série SingStar, que vai colocar os jogadores para dançar.

Resistance 3 também ganhou um novo trailer. Extremamente emotivo, o vídeo conta a história de Joseph Capelli pelos olhos de uma garotinha e apresenta uma direção de arte muito interessante, com imagens que parecem desenhadas à mão.