A tecnologia de próteses é algo que não para de evoluir. Embora já existam membros que possam ser controlados pelos movimentos dos músculos, não seria legal se fosse possível desenvolver um implante ligado diretamente no sistema nervoso, o qual possibilitasse o controle apenas pela mente? Foi exatamente isso que uma equipe da Universidade de Chalmers, da Suécia, fez.

Eles construíram um sistema de prótese implantável que depende inteiramente do controle neural. Enquanto a técnica existente requer a utilização de sensores na pele, a utilização de implantes osseointegrados é muito mais eficaz: é como ter uma USB ligada ao cérebro.

No vídeo que abre essa matéria, é possível ver que a versão implantada responde melhor aos estímulos e permite o maior controle de força e precisão. O melhor é que o dispositivo não é vulnerável à interferência eletromagnética vinda de fontes externas. Portanto, ele consegue fazer com que o homem – um motorista de caminhão que perdeu um braço há uma década – consiga manejar uma furadeira elétrica tranquilamente

A equipe já está trabalhando para atender mais pacientes e pesquisando uma maneira de fazer com que o membro devolva os estímulos recebidos de volta para o usuário, possibilitando assim que ele sinta novamente as coisas que toca.

Cupons de desconto TecMundo: